Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

23/03/2017

Sloterdijk

É possível um mundo sem muros?

Separar-se e criar um campo próprio imunitário é uma regra exposta nas antropotécnicas de Peter Sloterdijk. O homem é, para ele, um designer de interiores – desde sempre. Põe e repõe o útero. E então um dia percebe que a própria Terra é um tipo de nave espacial, um grande útero, que caminha pelo espaço.

Hilary perdeu por defender “gorda lésbica”

Hilary ganhou no voto popular, mas perdeu as eleições. A melhor análise das eleições americanas que li foi a do cientista político Francis Fukuyama (Folha de S. Paulo). Ele anuncia algo como que uma defasagem entre os eleitores americanos e seus grandes partidos. Para ele, o Partido Republicano se tornou um conglomerado de donos de

O feminismo não entende nada de mulher? É verdade?

Para doloridas amigas feministas “O feminismo não entende nada de mulher” não é uma frase simplesmente pedante, mas fundamentalmente inculta. O objetivo do feminismo nunca foi o de “entender a mulher”, mas de construí-la. Antes do feminismo tínhamos mulheres, segundo o nome “mulher”, mas não seres humanos mulheres, e sim apêndices sociais. Após as lutas

Inteligência de filhos tende ser mais materna que paterna – sabia?

As pesquisas últimas de cientistas que trabalham com neurologia, hereditariedade e inteligência, associados aos que trabalham com investigações sobre meio social e inteligência, mostram que traços tipicamente considerados como os da ordem da inteligência são passados pelo parceiro feminino. Essas pesquisas foram feitas em ratos, através de trabalho em genética, e com humanos, a partir

Foucault e a masturbação

Adriana Gonzaga presenteou-me com um texto chamado “O saber gay”, de Foucault (veja aqui). Não conhecia, e me parece que ela, Adriana, acertou bem na sua leitura. Trata-se de uma entrevista de 1978 não incluída em Dits et Écrits. Entre vários assuntos postos, Foucault volta ao tema da masturbação. Ele fala da novidade da interdição da

Otávio Frias: ainda precisamos de um partido social democrata. Será mesmo?

No artigo “Miséria e glória do PT” (Folha, 09/10/2016), Otávio Frias Filho termina dizendo que “é óbvio que o Brasil não pode nem deve prescindir de um amplo partido democrático de centro-esquerda”. Além disso, comenta que “é cedo para dizer se o partido [o PT] será substituído por um PSOL, por exemplo, que parece repetir seus passos iniciais rumo

Sloterdijk: a fortuna e o homem do Renascimento

Michel de Montaigne é o típico homem do Renascimento. Nele se aglutinam forças de pensamento helenista relativamente contrárias, criando uma situação quase impossível de ser pensada na origem dessas filosofias. Estoicismo e ceticismo convivem no coração desse ensaísta, aquele que disse ter por assunto preferido ele mesmo. Sempre entendi isso. Ou achava que estava entendendo.

Peter Sloterdijk: o que é o homem?

“O que é o homem?” Kant formulou essa pergunta como uma espécie de corolário de três outras: “o que posso saber?”, “o que devo fazer?” e “o que me é permitido esperar”? Sloterdijk se aproxima mais das duas últimas que das duas primeiras. “O que me é permitido esperar?” e “o que é homem?” são

O erro de Gilles Lipovetsky sobre a moda

Uma das teses de Lipovetsky sobre a moda, em um livro seu recente, Da Leveza (Grasset et Fasquelle, 2015; Edições 70, 2016), diz que a nossa relação com a moda se tornou mais adulta, justamente porque não a levamos mais tão a sério. Não a tomamos como algo que realmente importa no jogo das hierarquias

Os super aleijados

Deficiente é um nome para aleijado. Mas ficou até pior. Trocaram: portador de necessidades especiais. Mas logo terão de trocar de novo: portadores de dotes especiais. Um pouco mais de crueldade ou de sanidade e o mundo não vai suportar não colocar tipos como Bolt para tentar pegar na pista os aleijados. E Bolt irá

Pokemon reurbaniza cidade do interior paulista

O lugar denominado “centro velho”, em inúmeras cidades brasileiras, é marcado como abrigo de traficantes e assantes. Esse fenômeno começou nas capitais, hoje atinge quase todo o interior. O estado de São Paulo tem como regra essa característica em suas cidades. Mas, por esses dias, uma força tecnológica inesperada resolveu o problema. 

A vitória presa na garganta

As Olimpíadas antigas eram festa religiosa. As Olimpíadas modernas nasceram como uma das formas de substituição da religião. Em Du mußt dein Leben ändern (Suhrkamp, 2013) Peter Sloterdijk notou isso ao ver que a prática ascética é maior que a religião e a engloba, e não o inverso como Nietzsche afirmou. Sendo o lugar máximo da

O energúmeno contra o direito dos animais

Estou diante de um energúmeno. Sei disso. Sei por uma razão simples: ele está dizendo que mulheres que lutam pela vida dos animais não são fanfarronas, pois não lutam pela vida das baratas e, além disso. são mulheres que até acabam defendendo o aborto ou fazendo aborto. Já vi gente que diz que tem diploma de

Older Posts›› ‹‹Newer Posts