Go to ...

on YouTubeRSS Feed

20/09/2019

Sloterdijk

O eu dinâmico em creme da Natura

Hegel comemorou o feito de Descartes. Foi ele, Hegel, quem ensinou todos nós a marcarmos a modernidade, ao menos no campo filosófico, como tendo sido inaugurada pela ideia cartesiana de criação do eu absoluto. O Cogito ou o Eu que se pensa e, então, se ontologiza como “substância pensante” geraram o nosso tempo. Todavia, também

Zumbis e Designers

Walking Dead é uma série de sucesso. Zumbis tem um pensamento confuso, andam cambaleando e ficam entre o que é coisa e o que é gente. Querem comer os vivos. Mas são lentos e é divertido abatê-los. Filmes da Marvel também fazem sucesso. Ali estão os que se apresentam como o oposto dos zumbis. Surgem

Por que votei em Giannazi, do PSOL?

[Artigo para o público em geral] Também votei na Tábata Amaral para deputada federal (PDT), sem conhece-la pessoalmente. A história dela me foi apresentada por um amigo, o Pedro Possebom. Valeu. De resto, fiz o voto em Ciro para presidente, no Suplicy do PT e na Silvia Ferraro do PSOL para o Senado, e para

Cidades: a domesticidade que nos constitui

Texto criado a partir da leitura de EDIFICAR FORMAS DE VIDA, da professora Carla Carmona Por que as mulheres pobres, mesmo vendo sua mães, avós e amigas com dificuldades, ainda assim continuam a ter filhos e mais filhos? Por que moradores de rua, mesmo em situações extremas de fragilização, resistem quando são conduzidos para abrigos, e

Há um ramo da Eugenia que vai vencer

[Artigo para o público em geral] Começo com um trecho de jornal: “O Conselho Nuffield de Bioética, uma importante organização independente do Reino Unido, chegou à conclusão que editar o genoma de embriões e de células germinativas (óvulos e espermatozoides) pode ser eticamente aceitável em algumas circunstâncias. Uma das condições que justificariam a prática seria

“Posso penetrá-la, senhorita?”

[Artigo para o público em geral] Peter Sloterdijk, em um livro de 1999, fez uma brincadeira com a versão americana do que é ter relações sexuais. Disse ele que se Freud afirmou que um casal na cama sempre implica em mais quatro pessoas juntas, os pais de cada envolvido, na América isso deveria equivaler a

A foto digital como morte da fotografia

[Texto para o público em geral] A minha geração é, talvez, a última a realmente olhar um álbum de fotografia com o intuito de recordar o passado ou entende-lo, e talvez mensurá-lo com o presente. Pessoas que não são dos anos cinquenta, mesmo que estejam se considerando “mais velhas”, pertencem ao mundo da fotografia digital.

La Casa de Papel – por que o sucesso?

[Artigo para o público em geral] “A tomada de consciência da individualidade é o verdadeiro individualismo” – Peter Sloterdijk Cruzei o parque Villa Lobos, aqui em São Paulo, escutando “Bela Ciao”. Era um grupo de jovens, todos negros, cantando. Sinal dos tempos. Época do êxito da série La Casa de Papel , onde a canção

Older Posts››