Go to ...

on YouTubeRSS Feed

16/12/2017

pobres

Taís Araújo coloca os racistas na parede

Os artistas são trabalhadores como quaisquer outros. Os do teatro e da teledramaturgia, claro, também. Mas por conta de levarem na ponta da língua a cultura, interpretando textos que nem sempre acomodam os menos inteligentes nas suas cadeirinhas, são mal vistos por estes. Pagam um preço alto por exercerem a intelectualidade para fora da academia.

O capitalismo venceu. E perdeu! E … venceu!

Na vida cotidiana o capitalismo venceu. Nos bancos universitários em ciências humanas, ele perdeu. Poucos têm coragem de se dizer “sou a favor do capitalismo” em uma universidade no âmbito das ciências humanas. Ao mesmo tempo, em todo o mundo, na vida do dia a dia, há o reconhecimento tácito de que a vida capitalista

Os miseráveis

Qual a visão geral que temos da “modernidade”? No resumo máximo, de caráter sociológico, esta daqui: A aristocracia foi derrotada pela burguesia, e tal classe emergente não só impôs a todos as regras do “mundo do trabalho”, mas também fez valer uma nova moral, atinente a este novo mundo.