Go to ...

on YouTubeRSS Feed

22/10/2017

Lula

Escondendo a estrela vermelha

A estrela não pode aparecer. Essa é a ordem da sobrevivência política atual, até entre petistas quase roxos. Querem continuar vivendo da política, mas já não possuem nenhuma bandeira, nenhuma proposta e nem mais a estrela. Aliás, ela se tornou um estorvo, um símbolo da corrupção para uns, traição para outros e incompetência para muitos.

Eu e o PT. Devo explicação aos meus leitores?

Cunha é o meu malvado favorito – Roberto Jefferson Talvez eu deva sim uma explicação aos meus leitores. Afinal, estou há mais de trinta anos produzindo filosofia e sou bibliografia de concursos etc. Um filósofo tem de dizer de suas preferências políticas, para além de grandes tendências, falando de questões partidárias – não tem? Hoje

O que vai acontecer com Lula?

Escrevi em 2005 que Lula não era o chefe do plano do mensalão, e sim Zé Dirceu. Escrevi depois outros textos sobre isso. Mais recentemente, voltei a confirmar tal opinião. Também escrevi que nunca existiu um plano organizado de cabo a rabo, minucioso, ligando o mensalão ao petrolão e tudo o mais que sabemos. As

Não seja PT 2.0

Hélio Bicudo deixou o PT, votou em José Serra, na perspectiva de oxigenação – antes a alternância que qualquer outra coisa, dizia ele. Plínio de Arruda Sampaio deixou o PT, foi candidato contra Dilma. Denunciou as falcatruas e os projetos falsos – Prouni à frente – do PT. Ao longo de trinta anos, muitos foram

As amantes de FHC e Lula

Amante é um animal que só serve para uma coisa: cinco minutos de prazer para conseguir uma dor de cabeça eterna. Mas, amante de político serve também para outra coisa: despertar em todos nós o que temos de pior, o moralismo barato e a vontade de pisar no rabo alheio sem notar que o nosso

Lula boy: o rico consultor da Wikipédia

Nada envelhece mais depressa que o moderno. Sabemos disso. Mas, por que é assim? Talvez se possa dizer que a modernidade é a época da mercadoria, e esta está calçada por um produto que precisa ter uma data de validade. Não é nada alvissareiro para uma sociedade de mercado que existam produtos com a ousadia

Mujica no Brasil e a saudade do futuro

No final dos anos setenta para a entrada dos nos oitenta a esquerda brasileira criou um futuro. Mas, em meados dos anos noventa, nem mesmo o presidente do PT, Francisco Weffort, tinha para ele o PT como construtor daquele futuro. Pediu licença e saiu da presidência do partido para ser ministro de FHC.

Older Posts›› ‹‹Newer Posts