Go to ...

on YouTubeRSS Feed

19/11/2017

Lula

O desescolarizado aprende pela TV?

Chegamos a pensar, ao menos nos anos setenta, que a escola poderia ser substituída pelos mídia. A tese atingiu seu clímax com um seu defensor, Ivan Illich, e veio para o campo propriamente filosófico com o alerta contido no A condição pós-moderna, de Lyotard. Talvez só agora, nessa época em que a TV é de

Lula vai ou não ficar fora da política? Entrevista com o Procurador Dr. Carlos Fernando

Dr. Carlos Fernando dos Santos Lima é Procurador Regional da República do Ministério Público Federal. 1) Como fica a situação de Lula agora, após condenação? Todos se perguntam: tecnicamente, ele irá poder ser candidato ou não? Ele somente não poderá ser candidato se e quando confirmada a sentença condenatória pela turma do Tribunal Regional Federal.

O filósofo bobo da Corte

Ou se conhece Platão corretamente ou não se é filósofo. Todos nós sabemos disso. Todos nós, filósofos, não conseguimos não citar a frase de nosso colega de profissão Alfred North Whitehead: “A história da filosofia nada é senão um conjunto de notas de pé de página na obra de Platão”. Citamos e acreditamos nela. Conhecemos

Moro trouxe à luz o Lula real

Os intelectuais petistas e seus elementos satelizados inauguraram uma nova forma de definir o que é crime. Só é crime aquilo que é cometido por Brutus contra César, e com alguns adendos bem especiais. Um crime verdadeiro, para esse pessoal que se tornou dono da esquerda no Brasil, é aquele em que a vítima grita

O fascista bonzinho, o comunista docinho

Quando os Aliados entraram na Alemanha para o combate final, na Segunda Guerra Mundial, a população alemã viveu seu maior horror. Foi um período de estupros e assassinatos. Mesmo depois do final da Guerra, o que veio foi indizível. Eram dezenas de pessoas cometendo suicídio diariamente, principalmente mulheres, apavoradas diante dos inimigos que, então, já

Historiadores! Aécio perdeu o salário

Historiograficamente falando, a perda de salário do senador Aécio Neves nunca alcançará o sucesso do Impeachment de Collor e Dilma. Talvez nem mesmo consiga aparecer mais que o desprestígio de Temer e o folclorismo machóide do restolho dos Galinhas Verdes, o Bolsonaro. Mas, se quisermos escrever a história política do Brasil daqui uns anos, não

Quem é Lula hoje?

Lula foi desmascarado uma centena de vezes. A única vez que se sentiu envergonhado e desconcertado foi na primeira aparição pública para explicar o “mensalão”, há mais de uma década. Pessoas que estão hoje dirigindo empresas ou fazendo seu doutorado ou dando duro para sustentar família eram garotos nessa época, não se lembram ou nem

FHC e Lula, os dois mentirosos

O que FHC e Lula têm em comum é que ambos usam do mesmo artifício para se defenderem: “o governante não tem como saber de tudo”. A frase por si só não tem validade. Todos nós podemos dizer isso em qualquer lugar e em qualquer época. Dizer isso é o mesmo que dizer “nós mortais

Há algo mais na morte de Marisa Letícia?

No final dos anos oitenta, durante a primeira campanha de Lula à presidência, Chico Anísio fez uma piada no quadro que tinha no Fantástico, da Rede Globo, que lhe causou uma boa dor de cabeça. Ele imaginou Lula ganhando as eleições e então chegando nao Palácio do Planalto com Dona Marisa ao lado. Esta então

A igrejinha da Democracia

Pela primeira vez em nossa história a democracia liberal está se mostrando fraca, incapaz de nos satisfazer minimamente, sem que isso envolva qualquer tendência dissidente do tipo das que ocorreram no pré-II Guerra Mundial, com o nazi-fascismo de um lado e o comunismo de outro, ou ramificações dessas duas correntes. O mundo inteiro está vivendo

O imperialismo e o banditismo de Lula

A notícia da Folha de hoje (03/12/2016) não é novidade se pensarmos em termos genéricos, mas é algo sobre o qual vale a pena refletir ao ser tomada no particular. Trata-se da ajuda financeira generosa e completamente ilícita a uma primeira dama de El Salvador, brasileira e velha militante do PT, para uma campanha política

O aluno pobre e burro

No passado, quando um aluno era pobre e não estudava, o que os professores da escola pública diziam para ele era claro e direto: “você é o que não tem outra saída, ou estuda ou vai continuar na pior”. De uns tempos para cá, as chamadas “políticas de minorias” e “políticas de identidade”, necessárias no

Otávio Frias: ainda precisamos de um partido social democrata. Será mesmo?

No artigo “Miséria e glória do PT” (Folha, 09/10/2016), Otávio Frias Filho termina dizendo que “é óbvio que o Brasil não pode nem deve prescindir de um amplo partido democrático de centro-esquerda”. Além disso, comenta que “é cedo para dizer se o partido [o PT] será substituído por um PSOL, por exemplo, que parece repetir seus passos iniciais rumo

Finalmente a democracia admite o rico?

A passagem do século XIX para o XX marcou o aparecimento da democracia liberal de massas. Este tipo de democracia, chamada de democracia moderna, paulatinamente obrigou a todo tipo de candidato, conservador ou não, progressista ou reacionário, a adotar um só discurso a ser proferido: “estamos aqui para sermos votados, e queremos ajudar os trabalhadores

Lula: o buraco negro dos intelectuais de esquerda

Primeiro Lula sugou a política de esquerda, agora, não contente, quer dizimar toda a intelectualidade de esquerda. Enquanto não jogar todo mundo em um grande pasto, para um jantar apocalíptico de grama, não vai sossegar. Há heróis que são autodestrutivos. Hitler quis incendiar Berlin quando o Terceiro Reich acabou. Não suportava a ideia do suicídio

Como ser historiador em tempos de PT?

Para a amiga Janaína Paschoal Hegel dizia que a filosofia é a apreensão de uma época em pensamento. Nos seus termos: apreende-se a história na interpretação dela, racionalizando-a, dando-lhe sentido. Assim, toda filosofia seria, em suma, uma filosofia da história. Hegel entendia que o filósofo, ou seja, o bom filósofo, realizava assim a tarefa de

Older Posts››