Go to ...

on YouTubeRSS Feed

16/12/2018

Fukuyama

Há uma “onda conservadora” no mundo, na qual Bolsonaro surfa?

[Para o público acadêmico] A ideia básica de Byung Chul Han é a de que fazemos auto-exploração convencidos (ideologicamente) de que estamos no caminho da autorrealização. Tornamo-nos empresários de nós mesmos, ainda que não sejamos patrões – eis a tônica do neoliberalismo. Estamos convencidos de que trabalhamos para nos realizarmos, até mesmo quando o trabalho

Sujeito clássico ou grupos de pressão?

[Artigo indicado preferencialmente para o público acadêmico] Os europeus são filósofos, os americanos não. Essa velha crença do senso comum ainda continua corrente. Essa crença, na sua quase verdade, nubla o ambiente e não nos deixa ver sua mentira. Foi Alexis de Tocqueville, em A democracia na América (1835), quem expôs o retrato mais justo

A onda de denúncias sobre assédio revela a morte da alteridade necessária

Este texto é indicado preferencialmente para a comunidade acadêmica Cresce de maneira assustadora a onda de denúncias sobre assédios de todo tipo, ocorridos num passado remoto. E nesta semana surgiram também casos de seguranças, câmeras etc., denunciando atrizes. O jornalismo fala disso, mas não explica. Não pode explicar. Os teóricos sociais jogam o fato para

Hilary perdeu por defender “gorda lésbica”

Hilary ganhou no voto popular, mas perdeu as eleições. A melhor análise das eleições americanas que li foi a do cientista político Francis Fukuyama (Folha de S. Paulo). Ele anuncia algo como que uma defasagem entre os eleitores americanos e seus grandes partidos. Para ele, o Partido Republicano se tornou um conglomerado de donos de

A República de Sérgio Moro

Moro é um juiz sem juízo. Isso é que se dizia, quando ele começou a ganhar notoriedade ao enfrentar os poderosos. Tudo contava contra ele. Poderia muito bem terminar vítima de um trança-pés ou coisa pior. Mas Moro tem tido uma sorte incrível, ou um anjo da guarda caprichoso. Todavia, prefiro acreditar que o que

Existe Dia da Mulher na pós-história?

O Dia da Mulher existe como 8 de março, apesar das controvérsias sobre os eventos que o originaram. As mulheres queimadas pela ganância e pela maldade deram o componente trágico necessário para o Dia da Mulher. A coisa ocorreu nos Estados Unidos. As mulheres, ao menos inicialmente, não ganharam a sua data de homenagem por