Go to ...

on YouTubeRSS Feed

16/12/2017

estupro

A mulher estuprada deve se matar

Kant dizia que a mulher posta diante do estuprador, deveria lutar até a sua própria morte para se defender, e rezar para que, não conseguindo, viesse mesmo a morrer. Todavia, se conseguisse escapar com vida, mas estuprada, a ela não restava outra coisa senão o suicídio. 

Radiografia do estupro

Cada estupro é um estupro. Diretores de cinema sabem mais disso que as mulheres estupradas. Médicos de prática de autópsia, então, nem se fale! As narrativas variadas apontam motivos e fases numeráveis e identificáveis. E nisso há alguma semelhança.

A cultura do estupro

Nada mais masculino que a pederastia tradicional grega[1]. Era símbolo da virilidade além de ser uma instituição educacional bem em harmonia com a paideia. Por isso mesmo, as relações corporais, se existissem nesse contexto, eram de preferência frontais, e raramente com penetração. O aconselhamento, certamente nem sempre seguido, era o de não colocar o jovem

RAPE OF LUCRETIA - GIULIO CESARE PROCACCINI

Deveres da mulher estuprada

A mulher deve é lutar durante a abordagem do estuprador com todas as suas forças e de maneira a antes morrer que sair dali estuprada. Antes isso que ter que se matar após o estupro. É assim que Kant analisa o estupro, e isso está em perfeita consonância com sua bela teoria moral. Bela, ainda