Go to ...

on YouTubeRSS Feed

22/10/2017

esquerda

O 7 de setembro nos mostra mais ignorantes

Para o amigo Deonísio da Silva, da velha geração dos professores cultos A “HISTÓRIA NÃO CONTADA”, inventada pela esquerda e agora reencarnada pela direita, tornou-se oficial. Politizamos a história de modo demasiado, à esquerda e à direita, e com isso ficamos estúpidos. Nossa juventude está estúpida. Como isso ocorreu? Nos tempos da Ditadura Militar surgiu

Esquerda e direita em Peter Sloterdijk

Podemos falar em direita e esquerda atualmente? Claro que sim! Mas seria tolice, em filosofia social e política, não notar os deslocamentos dessa divisão na vida contemporânea, para além da prisão – e banalização – do vocabulário jornalístico. No meu entendimento, Peter Sloterdijk é quem melhor apreende as vicissitudes semânticas pelas quais estamos passando nesse

Entrevista exclusiva de Janaína Paschoal sobre chacina, indenização, sistema carcerário e direitos humanos

Em entrevista exclusiva para este blog, Janaína coloca posições com as quais não discordo em nenhum ponto, levando em conta a política prática. Bem distante de direita e esquerda, Janaína acerta o alvo – Paulo Ghiraldelli. Vejam! Paulo Ghiraldelli: Janaína, muita gente pergunta se não seria o caso do estado indenizar vítimas de bandidos, e

A esquerda que não tivemos

Todos sabemos que ser liberal nos Estados Unidos é não ser conservador. Portanto, ao menos lá, para a sorte deles, ser liberal não é incompatível com ser de esquerda. Obama representa a mais autêntica posição liberal americana, na tradição de um Kennedy. Para o Tea Party, interno ao Partido Republicano, ele é visto com um

Otávio Frias: ainda precisamos de um partido social democrata. Será mesmo?

No artigo “Miséria e glória do PT” (Folha, 09/10/2016), Otávio Frias Filho termina dizendo que “é óbvio que o Brasil não pode nem deve prescindir de um amplo partido democrático de centro-esquerda”. Além disso, comenta que “é cedo para dizer se o partido [o PT] será substituído por um PSOL, por exemplo, que parece repetir seus passos iniciais rumo

A direita venceu e não pode comemorar?

Não há nenhum dúvida que as eleições municipais de domingo último (dia 03/10), na sua maior parte, deu vitórias a candidatos que estão fora do espectro da esquerda. O PT é o grande derrotado do pleito, mas não só. Todavia, o mais curioso é que a direita não pode comemorar muito, se assim o fizer,

Lula: o buraco negro dos intelectuais de esquerda

Primeiro Lula sugou a política de esquerda, agora, não contente, quer dizimar toda a intelectualidade de esquerda. Enquanto não jogar todo mundo em um grande pasto, para um jantar apocalíptico de grama, não vai sossegar. Há heróis que são autodestrutivos. Hitler quis incendiar Berlin quando o Terceiro Reich acabou. Não suportava a ideia do suicídio

A minha esquerda

Posições como as Richard Rorty e Peter Slorerdijk alimentam convicções filosóficos de uma esquerda que, na política, tem a expressão neste rosto de Michelle Obama. Veja o vídeo e entenda.

O que vai acontecer com Lula?

Escrevi em 2005 que Lula não era o chefe do plano do mensalão, e sim Zé Dirceu. Escrevi depois outros textos sobre isso. Mais recentemente, voltei a confirmar tal opinião. Também escrevi que nunca existiu um plano organizado de cabo a rabo, minucioso, ligando o mensalão ao petrolão e tudo o mais que sabemos. As

As amantes de FHC e Lula

Amante é um animal que só serve para uma coisa: cinco minutos de prazer para conseguir uma dor de cabeça eterna. Mas, amante de político serve também para outra coisa: despertar em todos nós o que temos de pior, o moralismo barato e a vontade de pisar no rabo alheio sem notar que o nosso

Mujica no Brasil e a saudade do futuro

No final dos anos setenta para a entrada dos nos oitenta a esquerda brasileira criou um futuro. Mas, em meados dos anos noventa, nem mesmo o presidente do PT, Francisco Weffort, tinha para ele o PT como construtor daquele futuro. Pediu licença e saiu da presidência do partido para ser ministro de FHC.

Older Posts››