Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

26/03/2017

Deus

Peter Sloterdijk: o que é o homem?

“O que é o homem?” Kant formulou essa pergunta como uma espécie de corolário de três outras: “o que posso saber?”, “o que devo fazer?” e “o que me é permitido esperar”? Sloterdijk se aproxima mais das duas últimas que das duas primeiras. “O que me é permitido esperar?” e “o que é homem?” são

Deus é fútil

Futilidade é uma palavra de origem médica: tratamento sem resultado ou procedimento que não leva a lugar algum. Mas, nas origens, tem a ver com um mito grego sobre filhas que foram ordenadas pelo pai a matar seus maridos, e todas obedeceram exceto uma; as que obedeceram foram punidas, tiveram de carregar água para lá

A democracia como o inferno da salvação

Minha amiga Susana de Castro diz que a oposição está montando um circo para “depor um governo eleito”. Nesse circo está Hélio Bicudo. E na oposição, hoje, estão diversos homens da esquerda com passado e presente honrados (Luiz Eduardo Soares à frente). 

O mundo dos conservadores

Você viveria em uma sociedade onde a regra básica fosse “todos são culpados antes que se prove o contrário”? Há pessoas que dizem um fácil “sim” para tal pergunta. Elas se acham tão inocentes e, então, por essa inocência, de tal modo acima de toda e qualquer regra social, que elas não entendem a frase

A não banalidade do perdão

Had Gadia é em português a canção “A velha a fiar”. Aquela que começa assim: “Estava a velha em seu lugar. Veio a mosca lhe fazer mal. A mosca na velha e a velha a fiar. Estava a mosca em seu lugar. Veio a aranha lhe fazer mal…”. Had Gadia é um nome aramaico que indica um filhote ou

Maconheira de primeira viagem

Maconheira de primeira viagem. Quem é? É aquela menina que fuma maconha e quando dizemos que faz mal, ela vira doutora no assunto e explica como a maconha é a salvação do mundo, da civilização e, enfim, do universo. Ela cita grandes nomes da história, cientistas e filósofos, que consumiram maconha. Ela acha que será

Intervenção militar

Notaram? Há pessoas pedindo “intervenção militar”? Sim, aqui entre nós! O problema delas não é serem protofascistas. Antes disso, elas são crianças fascistas. Crianças que acreditam que apertam um botão do seu PC ligado à Internet e, então, um anjo (no caso, um demônio) é chamado para salvá-las de algo que não está lhes fazendo

Nietzsche foi ao velório?

“Deus está morto”[1] – duvido que exista outra frase de Friedrich Nietzsche (1844-1900) mais popular que essa, e também penso que é uma das mais mal utilizadas.

A Bíblia sem pecado

O mistério da Bíblia não é outro senão a sua capacidade de ser um livro múltiplo. É um livro de história, sociologia e antropologia. Ao mesmo tempo, tem lances filosóficos, em parte por conta de uma ontologia e, por outra parte, por ser um texto normativo, um lance ético-moral. Além disso, é também um livro

O filósofo leitor da Bíblia

“Professor, o senhor é ateu?”. “Todos os filósofos são ateus?”. “Filósofo Ghiraldelli o senhor acredita em Deus?”. Quando se é um filósofo como eu, que está na conversação comum e não escondido em colunas de jornais ou colunas da universidade, perguntas desse tipo têm de ser enfrentadas.

A esquerda sem Deus, e sem conhecimento

Nossas esquerdas falam alto quando palestinos morrem. Há quem diga que a esquerda não sofre pelos palestinos, mas pelo Hamas. Agora, diante do ataque dos fundamentalistas islâmicos às minorias étnicas e religiosas no Iraque, acusando-as de estarem ligadas ao demônio, as esquerdas fingem não saber de nada. Parece que esperam que os aviões americanos errem

Older Posts››