Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

22/09/2017

animais

O defunto nosso de cada dia, comei hoje!

Peter Sloterdijk defende a ideia de que uma história que responda aos nossos dias deve ser uma história que saiba integrar e uma só narrativa o que se deixava de lado por não possuir história: o mundo da natureza. Também Bruno Latour, com a ideia de parlamento das coisas, participa da mesma tese. Sei bem

Montaigne, os animais e o humanismo

Animais não devem sofrer crueldades de modo algum. Michel de Montaigne tinha essa lei no coração. Quando os movimentos de defesa dos animais se colocam hoje em visibilidade até agressiva, à primeira vista acreditamos estar diante de um novo pensar. Quase! Ainda estamos no interior da vaga humanista. O humanismo é uma grande onda cultural

A revolução dos não-bichos

Para Nana Lacerda Uma cenoura é diferente de um esquilo não no mesmo sentido que um esquilo é diferente de uma vaca. Muita gente que dá palestra por aí não sabe disso. Conhecem o tipo? Sim, até na Unicamp tem gente assim! É aquele que adora dizer que quem não mata uma vaca vai acabar

A revolução vegana é irreversível e rápida

Segundo as estatísticas projetivas de várias universidades americanas, em duzentos anos os veganos e vegetarianos serão maioria. Os consumidores de óleo diminuirão também. Isso será um fato! A indústria da carne e derivados está apavorada, pois segundo suas próprias projeções, em menos de dez anos, já haverá uma queda significativa nos seus lucros. Aliás, isso

As mães podem diminuir a crueldade no mundo

“Pau que nasce torto morre torto”. Bobagem, árvores se dirigem segundo o sol, o vento e os alimentos. Não entorta aleatoriamente. Pode endireitar. Homens podem ser melhores por conta das antropotécnicas de sua produção, que contém um ingrediente sempre presente, fundamental e constituinte chamado mãe. Nesse caso, esse ingrediente precisa exercer sua função que não

Baratas e conservadores

Não vamos amar baratas mais cedo do que amamos pernilongos, especialmente os da Dengue ou Zika. O amor tem a ver com a utilidade, sabemos disso. Não vamos amar pernilongos antes de amar lêmures, mas não os amaremos mais do que estamos amando nossos cães que, agora, alcançaram já o status de filhos – finalmente!

Comedores de Cadáver

O homem criou a fábula de que é superior aos outros animais. O homem possui razão, diz ele para si mesmo. Mas se isso beirasse alguma verdade, saberia olhar nos olhos dos animais e se recusaria a sacrificá-los. Não é capaz disso. Não tem sido capaz disso.

Será que lá há vida inteligente?

Será que lá há vida inteligente? O homem pisou na Lua.  1969. Eu estava colado no televisor vendo tudo. Abria-se uma nova era e nós, crianças da classe média brasileira, fazíamos mais ou menos o que as crianças americanas faziam, brincávamos de astronautas. Queríamos ser astronautas. Afinal, era a única profissão que conciliava três elementos