Go to ...

on YouTubeRSS Feed

18/07/2018

Adam Smith

A tese do “dinheiro inteligente” contra direita e esquerda (Merchior não era inteligente)

“O mercado se rege por critérios de eficiência e rentabilidade, não de justiça ou de equidade. Ele é um soberbo órgão de criação de riqueza, mas não um mecanismo competente de distribuição de renda.”  Duvido que alguém possa levar a sério esse pensamento. São frases com quase verdades, mas colocadas juntas assim, são mera ideologia.

Karl Marx, o coxinha e o ENEM

Caso Karl Marx fosse o elaborador das provas do ENEM, dificilmente haveria alunos de cabeça dura, de extrema direita, reclamando. É que uma das diretrizes de Marx, ao menos em uma das suas investidas pelo campo pedagógico, veio por um viés típico do século XIX.

Cangurus e caramujos

O brasileiro canguru e o brasileiro caramujo Há quem diga que o brasileiro virou um animal australiano. Ou se é um canguru ou não se é brasileiro. Brasileiro mesmo, de verdade, tem bolsa. Segundo essa visão, não haveria mais como imaginar o Brasil sem o “sistema bolsas” criado e/ou ampliado no governo Lula.

Michael Sandel desdivinizando o mercado

Desde o início dos tempos modernos nossa relação de amor-ódio preferida deixou de ser com Deus e passou a ser com o mercado. Sabemos bem: há até quem diga que é isso mesmo que caracteriza a modernidade. Afinal, Deus e mercado se tornaram entidades intercambiáveis.