Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

26/09/2017

Moro trouxe à luz o Lula real


Os intelectuais petistas e seus elementos satelizados inauguraram uma nova forma de definir o que é crime. Só é crime aquilo que é cometido por Brutus contra César, e com alguns adendos bem especiais.

Um crime verdadeiro, para esse pessoal que se tornou dono da esquerda no Brasil, é aquele em que a vítima grita “Até tu Brutus”, ecoando tal fala na história, e junto do grito uma selfie junto com o assassino, mostrando o punhal entrando no peito. Digitais na faca não provam nada. Alguém lembrando que houve a entrega da faca para Brutus não prova nada. Assim, segundo essa lógica, encontrar um documento do Triplex na casa de Lula, rasurado de modo grosseiro e mostrando que houve uma tentativa de escamoteação a respeito de quem era a propriedade em questão, não é prova de nada. Prova só vale se for o selfie agregado à gravação do “Até tu brutus” e com Brutus ao lado dizendo “sim, é minha fala na hora que matei César”.

Os intelectuais petistas, e seus agregados que representam o PT 2.0, querem nos fazer crer que as duzentas páginas escritas por Moro, mostrando minuciosamente como que a polícia reconstruiu passo a passo a corrupção PASSIVA de Lula no caso do Triplex, não valem nada. O triplex para ser do Lula precisaria ter a certidão de posse, o registro em cartório, tudo em nome do Lula. Ou seja, Lula não seria somente criminoso, teria de ser um completo energúmeno. Mas Lula, sabidamente, não é energúmeno. Desde os anos oitenta, quando começou a comandar os sindicatos, inaugurou a prática de nunca pagar ninguém, de nunca assumir responsabilidades quando podia jogar nas costas de outros. Já se mostrava esperto, muito esperto. E nunca lhe faltou oportunidade de jogar nas costas de outros suas culpas. Lula demorou mais para se mostrar um Lech Walesa, mas, enfim, deixou sua assinatura de gatuno carimbar nosso país.

As duzentas páginas escritas por Moro, no que se refere ao trajeto da corrupção de Lula, é uma peça de brilhantismo investigativo e argúcia de composição acusatória impressionantes. E para mim, que vi por três vezes o depoimento inteiro de Lula, principalmente das partes onde ele caiu em contradição e passou a acusar a defunta Marisa, fica difícil não elogiar Moro. Ele não deixou passar nadinha.

O que mais impressiona em Moro é a sua capacidade de, vindo de fora da política, desconhecendo Lula, ou seja, não o conhecendo como nós mais velhos o conhecemos, ter entendido de modo perfeito como que o ex-sindicalista age e sempre agiu. Lula é o maior engodo que a história de um povo poderia produzir. Sua capacidade de parecer ser democrático e justo mesmo no ato do autoritarismo e do banditismo é algo que mutatis mutandis se iguala às práticas de Stalin. Mas Moro pegou o fio da meada e arrastou o principezinho do Brasil para a condenação de nove anos de reclusão. Abriu a porta para que nos outros julgamentos que virão, tudo fique mais fácil e uma condenação até maior possa se instaurar.

Os intelectuais do PT e a gang 2.0 continuará, no entanto, dizendo que Jesus sempre ficará no chinelo de Lula em matéria de honestidade e bondade. E toda vez que Lula for mostrado como tendo uma propriedade recebida como propina, a culpa será de Marisa, e será falado que nenhuma escritura da propriedade consta em nome de ex-presidente. E, enfim, por isso mesmo, sempre ficaremos com aquela desconfiança a respeito de tais intelectuais: são eles completamente cegos e estúpidos ou estariam já dentro da gang, como elementos que também se beneficiaram de todo o esquema da organização criminosa chamada PT?

Paulo Ghiraldelli, 60, filósofo. São Paulo, 15/07/2017

Tags: , ,

8 Responses “Moro trouxe à luz o Lula real”

  1. Guilherme Picolo
    18/07/2017 at 12:35

    Nem tudo é negativo nessa história para o petista… Por exemplo, agora o Lula já tem uma boa desculpa para encher a cara!

  2. LMC
    17/07/2017 at 13:18

    Lembram quando os militontos
    burrões atacaram o Karnal porque
    ele se encontrou com o Moro?
    Eu não esqueci!

  3. Bruno
    15/07/2017 at 20:46

    O pessoal que se ligue que, hoje, em Paraísos fiscais, mas provavelmente não somente, as pessoas que vão esconder dinheiro lá nem usam mais conta em banco.

    Ou seja, o esquema, hoje, é bem mais complexo. Parabéns pro Moro.

    E espero que isso e mais coisas que vem por aí enterrem de vez os estalinistas que persistem ainda hoje no PT e em partidos que querem ser o novo PT.

  4. Ricardo
    15/07/2017 at 12:26

    É o mesmo com os seguidores de Bolsonaro. Duas faces da mesma moeda.
    O pior é que quando opinamos sobre Lula ou Bolsonaro somos tratados com agressividade pelos seguidores dos semideuses.

  5. Pedro
    15/07/2017 at 11:06

    Acho maravilhoso que o único argumento da defesa para dizer que não houve crime de OCULTAÇÃO DE PATRIMÔNIO é não ter nenhum documento assinado com o nome do envolvido. Digo, eles até tem mais fala bonita quando está no tribunal real porque sabe que ninguém lá é burro assim, mas na internet a palavra de lei é que sem documento mostrando ligação direta não houve ocultação, como a massa que não tenta pensar duas vezes na mesma coisa aceita essa continuam na defesa heroica de alguém que recebia 1 milhão por palestra de empresas que eles mesmos agora aceitam como criminosas.

    • 15/07/2017 at 14:31

      O caso das palestras é outro processo, no qual Lula vai perder também.

  6. F.M.
    15/07/2017 at 09:40

    Paulo, é complicado lidar com essas figuras. Se a esposa de um desses militantes for pega com outro, e o cara filmar , mas se a filmagem for ilegal ou não mostrar a cópula , então o traído não se considera corno.Lógica esquisita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *