Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

17/08/2017

Moro é curto e grosso contra o principezinho do Brasil


A condenação de Lula é uma vitória da ideia republicana. Essa ideia vem lá do romano Cícero, na sua defesa do bem comum como o que caracteriza a República, e que chegou até nós para ser usada contra a ideia de estado governado por um grupo chefiado por um monarca absolutista. O filósofo estoico nos deu, na antiguidade, um instrumento moderno.

É um marco nas conquistas progressistas essa condenação de Lula, independentemente da comemoração da direita e do choro da esquerda circunstanciais, de ocasião. O que Moro fez ao condenar o ex-sindicalista e ex-presidente a nove anos de reclusão foi simplesmente dizer para a direita e para a esquerda o seguinte: aum tipo de neomonarquismo doentio vive querendo se impor à República, mas não conseguirá nada, se depender da justiça brasileira vigente. Em suma: nem todo príncipe consegue ser príncipe a todo o momento, mesmo tendo uma gang bem paga.

Desde o mensalão, Lula se tornou a figura mais arrogante de nosso país. Diante de provas de estar comandando não um partido, mas uma agremiação que queria se perpetuar no poder para todo o sempre, corrompendo a democracia liberal, e que havia, afinal, se transformado em simples organização criminosa, Lula não parou um minuto de desafiar a Justiça: “sou o homem mais honesto do mundo”, “sou mais que Jesus”, “sou o homem que nunca mente”, “não tenho nada em meu nome, tudo é de amigos que me dão presentes”, “vou provar que o mensalão não existiu” e, por fim, “é tudo a Marisa que fez”. E assim foi, de bravata em bravata, acreditando em poderes demiúrgicos. O príncipe-operário de nove dedos nadou entre seus pronunciamentos megalomaníacos. Descolou da realidade.

Lula vai mudar? Não! Vai continuar falando. Vai esbravejar. Vai colocar os últimos petistas, que ainda estão sendo pagos (de onde ainda vem o dinheiro?), para gritar nas redes sociais, como se fossem muitos, e estes vão invocar coisas como “Moro não prende Aécio” etc. Mas Moro não está investigando Aécio, a investigação deste corre na Procuradoria de República. Moro continuará na mira dos petistas que, agora, tentarão de todo modo criar mais mentiras sobre a vida pessoal do juiz. Enfim, os petistas vão gemer por conta do chefete preso. Assim fazendo, vão se mostrar iguaizinhos aos bolsonaristas, ou seja, gente que não consegue pensar pela própria cabeça, que precisa de um chefete. O neofascismo do bolsonarete é o espelho do neobanditismo de Lula. Esses tipos, Lula e Bolsonaro, geram inúmeros limítrofes e interesseiros aos seus lados. Formam o arrastão da patuleia. O republicanismo de Moro é um antídoto contra esse tipo de coisa.

Paulo Ghiraldelli, 60, filósofo. São Paulo, 12/07/2017
PS: GOLEIRO BRUNO E LULA. OS QUE ATACAM MORO dizendo que ele não encontrou uma escritura do Triplex em nome de Lula devem estar brincando. Ou seja, eles querem que o criminoso produza uma foto dele próprio cometendo o crime? Querem que se busque no apartamento do Lula a tal foto, a tal escritura! Ora, não haveria investigação então. O que Lula tentou fazer foi justamente cometer um crime e não deixar rastro. Todos que defendem Lula por essa via querem soltar o goleiro Bruno, dado que não foi encontrado o corpo da Elisa. É demais!

Tags: , , , ,

22 Responses “Moro é curto e grosso contra o principezinho do Brasil”

  1. LMC
    15/07/2017 at 11:16

    Existe algo pior que militante de vermelho
    na Paulista?Sim!Um militante de verde e
    amarelo na Paulista!kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Guilherme Pícolo
    15/07/2017 at 00:20

    Dúvida: com a reforma trabalhista aprovada nós já podemos terceirizar a presidência e contratar o Obama?

    • 15/07/2017 at 07:58

      Ah, se pudéssemos!

    • LMC
      15/07/2017 at 11:24

      Pras olavetes,Obama é um Lulla
      americano.Acreditem se quiser!

  3. Ezequias costa
    14/07/2017 at 16:34

    E isso aí Paulo muito bom. E possível o Lula preso, governa o país Paulo?
    Um abraço.

    • 14/07/2017 at 17:28

      Já vi muita gente do PCC mandar em nós aqui fora. Tomara que Lula não tenha esse poder.

  4. Leonardo
    14/07/2017 at 15:27

    Caro, Luciano! Saiba q em paises como EUA e Chile isso existe há muito tempo… Vai ver por isso eles não tem 14 MILHÕES de desmpregados!

    Saudações.

    • 14/07/2017 at 17:29

      Caro Leonardo, o fato de você ser burrão é algo seu, deve morrer com você, você não tem que vir aqui para expor sua burrice, não é necessário. Aprenda que sua burrice pertente à sua privacidade.

    • Leonardo
      14/07/2017 at 19:38

      Caro Paulo! Não sei se leu o q escrevi, pois não estava sequer me referindo a sua pessoa. Quanto aos insultos gratuitos, enfie-os onde achar melhor, ok?

      Saudações.

    • 14/07/2017 at 22:54

      Leonardo, não há insulto aqui, só verdades que digo para inteligentes e para burros. NO seu caso, foi uma verdade para um burrinho. Sua ideia sobre sindicatos e leis trabalhistas é energúmena. Culpa só sua.

    • Luciano
      15/07/2017 at 11:55

      Leonardo. De 2000 até o estouro da crise em 2014 o Brasil criou mais de 23 milhões de empregos. Uma média de mais de um milhão de vagas criadas por ano! Essa legislação hj considerada arcaica, da idade da pedra não era um problema até pouquíssimo tempo atrás. Inaceitável essa reforma.

    • 15/07/2017 at 14:30

      Luciano, acorda, se você ler os documentos da esquerda dos anos 80 todos indicavam essa reforma. Exatamente essa.

  5. LMC
    14/07/2017 at 15:21

    O STF e o Conselho de Ética(?)do
    Senado livraram a cara do Aécio.
    Renan e Lewandowski livraram a
    cara da Dilma preservando os
    direitos políticos dela,diferente
    do Collor.E o Moro não quis
    prender Lulla,pra evitar traumas?
    Traumas em quem?No Frei Betto
    e no Boff?kkkkkkkkkk

  6. Sábio
    13/07/2017 at 20:46

    Bem feito pra esse Molusco. É Bolsonaro em 2018.

    • 13/07/2017 at 20:59

      Sábio, sua manifestação na segunda sentença desautoriza seu nome. Seu lugar não é essa blog. Esse blog é para pessoas inteligentes.

  7. Antonio Eudes
    13/07/2017 at 13:03

    Boa professor, valeu, quem nasceu para o engano, morre nele…..

  8. sebastiao mendonça
    13/07/2017 at 12:20

    Parabéns Guiraldelli, pela sua lucidez e coragem.

    • 13/07/2017 at 12:36

      Sebastião, o chato é ter de aguentar energúmenos olavetes e bolsonaretes que acham que nós, os que fazemos filosofia, somos petistas. ESsa raça da direita é pior que os petistas.

  9. josé fernando da silva
    13/07/2017 at 10:47

    Perfeita sua análise. Parabéns.

  10. Luis
    12/07/2017 at 20:30

    Dois golpes duros para o banditismo e seus militantes. A condenação do homem mais honesto do Brasil e a aprovação da reforma trabalhista. Alguns vão chorar pois recebem dinheiro para isso, outros choram por realmente acreditarem numa investida imperialista capitalista burguesa e outros clichês paranóicos. Eu realmente fico com pena dos últimos, é como uma doença psiquiátrica grave e disso não se ri.

    • Luciano
      13/07/2017 at 12:48

      Luis a nova lei trabalhista prevê muitas negociações entre o empregador e o empregado deixando na prática o trabalhador totalmente à mercê das vontades do patrão. Se vc não for patrão daqui uns tempos venha aqui nos dizer como vc se saiu nas “negociações” com seu chefe. A caixa de email dele ta lotada de currículo…

  11. LMC
    12/07/2017 at 16:54

    E aqueles sindicatos de funcionários
    públicos e seus sindicalistas vão
    prestar solidariedade ao muy amigo
    Lulla?Acho que sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *