Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

23/07/2017

A direita venceu e não pode comemorar?


Não há nenhum dúvida que as eleições municipais de domingo último (dia 03/10), na sua maior parte, deu vitórias a candidatos que estão fora do espectro da esquerda. O PT é o grande derrotado do pleito, mas não só. Todavia, o mais curioso é que a direita não pode comemorar muito, se assim o fizer, talvez desperte alguns membros de suas fileiras. Como assim?

O PT governou o Brasil durante 14 anos. No Brasil, isso é muito tempo. O suficiente para que toda uma geração só visse o PT no poder. Se levarmos em conta o quanto algumas vozes da direita se preocuparam desesperadamente, durante todo esse tempo, com a tal “doutrinação marxista” que estaria sendo feita nas escolas e universidades, a última coisa que conseguiríamos fazer agora é explicar essa estrondosa derrota do PT e das esquerdas nessas eleições. Então, como ficamos? Ou nunca existiu doutrinação nenhuma, e tudo nunca foi outra coisa senão paranoia estúpida de um anticomunismo carcomido por parte de barrigudos aqui e acolá, ou a doutrinação é alguma coisa que nunca funciona.

Sendo assim, a direita não pode comemorar. Caso comemore muito, poderá despertar alguns de seus membros, que irão notar os disparates ideológicos e de avaliação que têm endossado.

Mas, é engraçado também, agora, a reação da esquerda. Chegou a vez dela de, enfim, ampliar a ideia da ocorrência da “lavagem cerebral” e da “manipulação do povo”. Ela não invocará a prática de professores, mas dirá, como já vinha falando há tempos, que a Rede Globo e a “Mídia Golpista” não deixaram o povo pensar, refletir, e este, então, acreditando nas “mentiras da Lava Jato” do agente da CIA Sérgio Moro, acabou votando na direita – a “direita fascista”. Uma direita que ao mesmo tempo que é fascista, vai estranhamente, segundo esse pessoal, privatizar tudo. Como pode?

Observamos assim, facilmente, que direita e esquerda lançam mão de teses descabidas para falar da nossa situação. Quando a realidade mostra, como sempre, ser mais complexa, e então joga fora essas teses infantis próprias de jargões da Guerra Fria, aí as coisa se complicam. Qualquer militante de direita ou de esquerda, nessa hora, se pudesse refletir, veria como faz tempo que tem sido imbecil ao adotar as teses que adota. Mas não adianta. Não há o que os faça perceber como que o que falam se desmente. E vão continuar falando a mesma coisa. Tudo pode mudar, mas o discurso da direita e da esquerda é imutável. Não há sinapse em cérebros de militantes políticos.

Paulo Ghiraldelli, 59, filósofo. São Paulo, 04/10/2016

Tags: , , , , ,

10 Responses “A direita venceu e não pode comemorar?”

  1. angélica della monica
    21/10/2016 at 02:34

    Só gostaria de perguntar quem mais tem capacidade de formar opiniões. É o professor que vem sendo massacrado há mais de 20 anos, pois tudo é culpa do professor, ou são os meios de comunicação de massa e as redes sociais? Eu sei a resposta, pois sinto-a na pele.

    • 21/10/2016 at 11:43

      Angélica não entendi sua pergunta no contexto do meu artigo.

  2. Cesar Marques - RJ
    04/10/2016 at 19:14

    Bom, agora que São Paulo elegeu um representante do chamado estado mínimo (mas cujas empresas recebem uma boa grana de estatais), é parabenizar a população dessa cidade, pois agora vão ter a prova se o mal de tudo que ocorre na cidade e no país, resume-se ao PT.

    Boa sorte ao Dória e aos seus eleitores.

    • 04/10/2016 at 19:37

      Cesar Marques sinceramente eu preferia um comentário mais inteligente, ainda mais de um cara que pretende ser leitor meu. Que coisa mais de jargão petista tolo isso. Não, meu caro, para ser meu leitor é necessário sair disso. Essa crítica meio que petista tola é pior do que qualquer governo ruim do Dória. Tire o nome do Bobbio de seu e-mail. Ele não merece isso.

  3. Alex Ricardo
    04/10/2016 at 13:45

    Essa ação do povo teria algo haver com a modernidade liquida?

    • 04/10/2016 at 13:48

      Qualquer coisa que venha de leitura do Baumann não tem a ver, é uma leitura idiota, que não tem a ver com nada, nadinha.

  4. Raimundo Marinho
    04/10/2016 at 12:15

    Já li várias vezes (rss).

    “A sociedade da generosidade de Peter Sloterdijk”

    Paulo Ghiraldelli

  5. Eduardo Rocha
    04/10/2016 at 10:47

    Paulo, que horas está programado o encontro do Cefa no dia 12 de Novembro? Estou me programando para (dessa vez) realmente ir.

  6. Alexandre
    04/10/2016 at 10:28

    Creio que isso faz parte da democracia, mudança de poder, se isso vai ser bom ou ruim, só tempo dirá. O PT há tempo vem se queimando sozinho, não precisou de “conspirações midiáticas” para isso. Sou de esquerda, e só não viu isso quem era cego ou militante de partido da Guerra Fria.

    P.s.: Professor, sei que não tem a ver com o post, mas qual a sua indicação de leitura pra quem quer conhecer Peter Sloterdijk, alguma indicação?

    • 04/10/2016 at 10:31

      Alexandre tem vários artigos meus sobre Sloterdijk aqui no blog, e estou logo com livro na praça, Para ler Sloterdijk, da editora Via Verita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *