Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

17/08/2017

4 Responses “A minha esquerda”

  1. Fernando
    26/07/2016 at 18:58

    Curioso que, entre as primeiras-damas democratas, a Michelle tem bem mais carisma e sintonia com os democratas que a senhora Clinton.

    • 26/07/2016 at 19:04

      A senhora Clinton abandonou a política de palanque quando muito jovem. Ela era de esquerda, ela era rica e trouxe Bill para a política. Se submeteu a ele. Despontou nos palanques já mais velha, readquiriu o perdeu. Ser da geração de Hilary não é ser da geração de Michelle. Só Hilary sabe o que foi ser mulher na sua geração, tão duro quanto ser negra na geração de Michelle, ainda que não tão duro quanto as negras da geração de Clinton. Hilary é uma mulher que chega agora quase aos 70 anos. No Brasil, seria proibida a se candidatar. Um filho da puta qualquer chamaria de velha, xingaria, atiraria pedras até, e depois ganharia um lugar na imprensa para escrever sobre.

    • LMC
      27/07/2016 at 11:21

      DIRETO AO PONTO,PG!!!!

  2. LMC
    26/07/2016 at 14:49

    PG,o discurso do Bernie Sanders
    apoiando Hillary vale a pena ver
    também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *