Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

29/03/2017

Dia 15: a geração video-game ficou adulta, ou quase!


Coxinhas são de direita. Por falta de coisa melhor, quibes são de esquerda. Mas não são qualquer direita e ou qualquer esquerda. São os folclóricos. Como é ser folclórico? Ora, é ser ideologizado de tal forma que há a perda do bom senso, ou a falta original dele. Dos dois lados, o caso é um só: o fracasso pessoal e a vontade de se diferenciar sem méritos garante tudo.  Então, vem o ridículo.

Veja como funciona o plano histórico dessa geringonça!

Uma parte da esquerda faz o mensalão (2005) e é atacada, e então inventa que está ocorrendo um golpe, e cria na imaginação o PIG: Partido da Imprensa Golpista. Ou seja, certos jornalistas, sem apoio de lideranças partidárias e sem apoio armado, estariam dando um golpe! Um golpe que já dura mais de dez anos, e que nunca ocorre. Militares não se movem! Que moles! Os Mariners insistem em não vir! Já não se fazem Mariners como antigamente! E pior de tudo, o outro PIG, o PIG real, o Partido da Imprensa Governista, com jornalistas fingindo serem jornalistas para mentir (mas usando o nosso dinheiro – Nassif à frente) continuam alimentando que há um golpe contra o PT. Aí a direita, não contente em deixar o PT mentir sozinho, começa a inventar que há mesmo motivo para o golpe, que o país vive sob o “comunismo de Lula-Dilma”. Por causa de meia dúzia de bolsa-família e uma merreca de leis de proteção a negros, gays, mulheres e crianças, há já o comunismo que, enfim, irá destruir a pátria. Irá destruir a pátria à medida que dá muita coisa para o pobre e faz dele ainda mais vagabundo do que ele já é – dizem o coxinhas. Eles continuam: há uma cubanização do país! Mesmo que Cuba tenha em sua capital um Obama já reconstruindo a hegemonia americana, a Ilha inexplicavelmente continua exportando a Revolução! Putz! Sempre achei que Tchê havia morrido! Ah, sim, mas talvez essa direita, como ela é meio Pondé, imagine que Obama seja um Lênin disfarçado. Uma direita kardecista: Tchê está na pele do Obama. E eis então que os coxinhas saem às ruas pedindo “intervenção militar”, e assim dão razão fantasiosa à fantasia criada pela esquerda. O resultado é o folclore. Todos os trolls do mundo saem da Internet e vão para a Av. Paulista! Foi isso dia 15, precedido pelo dia 13.

Do que se trata? Ora, nada mais nada menos que o país dominado pelos loucos! Ou pelos mais burros. Ou então, pelos loucos-tontos. Sim, ficou melhor: loucos-tontos. E regado pela pior espécie de TV e de jornalismo, que fez a tonteira parecer séria.  Séria seria se tivéssemos mesmos de internar esse pessoal. Aí não haveria vaga.

Voltemos ao mundo menos maluco.

Não há nenhum país comunista no mundo que se apresente como comunista. China? Cuba? Coreia? Ah, parem com isso! Não há nenhuma violência de rua nas nossas manifestações, e mesmo no período Black Bloc, a imprensa andou inflando a coisa. Não estamos no Egito não! Muito menos estamos nos anos 70, com a política americana disputando espaço nos estertores da Guerra Fria e, então, matando Allende por aí. Vejam o Maduro! Todo mundo está esperando ele cair de … podre! O Brasil é aquilo lá, uma Venezuela? Está faltando coisas no supermercado? E apesar da recente alta do custo de vida, o consumo foi estancado? E os ricos não estão mais ricos? Calma. A agitação é mais ideológica e folclórica que movida por agentes sociais reais. Tanto é que para conter os coxinhas, os maluquinhos da direita, o PT pagou 35 reais para os de sempre fazerem uma manifestação prévia. Show de calouros dos dois lados. Show de gente que cresceu jogando vídeo game e que imagina que política é isso, aperta-se um botão no Facebook e depois se vai às ruas e, então, o mundo muda – muda para qualquer coisa, sabe-se lá! É a hiperpolitização mais despolitizada que já vi.

É um tipo de politização, a típica de nossos dias. Eu sempre avisei: um dia esses meninos sem aula de história e geografia, sem matemática, mas com celular, cresceriam. E cresceram: gordos. Não fazem esporte. Quando aparecem musculosos, é bomba. Não fazem sexo. Quando fazem, fazem errado. As mulheres hoje reclamam da Geração Vídeo Game, dizem que os homens de hoje não fazem sexo oral, pois possuem nojo de xoxota. Afinal, tudo é muito limpo, viveram em carpetes. Até casa de classe média baixa tem carpete! E a esquerda do bairro de Pinheiros versus a direita dos jardins, todos vindos mais ou menos de uma faixa de renda igual, não raro, em parte das mesmas escolas particulares. Fora isso, alguns gatos pingados dos dois lados, sem dinheiro e, então, vindos para a festa coxa-quibe de penetra!

Fui da geração Cuba-Libre e assisti aparecer a geração Coca-Cola, depois vi alguns dessa geração morrer de overdose e, sinceramente, nenhum meu herói morreu nessa leva. Agora vejo a geração coxinha se divertir com a geração quibe e vice-versa, todos assistindo seus pais fingirem que não cheiram cocaína. A culpa da cocaína é do preto pobre da favela. Que a Sherazade cuide dele, à bala! Ou então o cinema de esquerda (vulgo cinema nacional) que cuide dele, fazendo-o herói. Brasil, do “Ame-o ou deixe-o” até o da “Pátria educadora”.

O mundo sem essa gente, os quibes e coxinhas, talvez seja melhor mesmo, mas seria muito sem graça. Em tempos como os nossos no Brasil, em que você junta mil comediantes e não forma um verdadeiro, então que os coxinhas e quibes nos façam rir. Só sobrou essa gente para ocupar a profissão de bobo da corte. Vejam as fotos por aí. Se você não rir, então eu lhe peço desculpas, mas tenho de dizer: você é um deles e, então, deverá saber que eu o estou chamando de tonto, para dizer o mínimo.

Paulo Ghiraldelli, 57, filósofo

Post Scriptum: do jornal El Pais.

“Aí entra o Aécio, né?”, diz Karin Salden, 28, administradora e empresária (na foto abaixo). Ela segurava faixa pela renúncia de Dilma, mas quer impeachment. Quando questionada se sabia quem assumiria o Governo, ela falou em novas eleições. “Aí entra o Aécio, né?”. Quando informada que não, que quem assumiria era Michel Temer, fez uma cara de tristeza. “Aí fica difícil, né?”. “Mas a verdade é que eu não aguento mais. Os pequenos empresários estão sofrendo muito com tanta demissão, aumento em tudo” desabafou.
http://ow.ly/Kmgxs

Bem, a diferença do Impeachment do Collor é uma: a resposta de quem iria entrar após Collor sair, para muitos, era Lula. Mas gente que pensava assim era gente desescolarizada. Agora …

bonita

 

 

 

 

 

Tags: , , , , , , , ,

49 Responses “Dia 15: a geração video-game ficou adulta, ou quase!”

  1. coxinha master
    20/03/2015 at 01:13

    o ultimo paragrafo do texto foi espetacular.Simplesmente,Machadiano o seu agora reticente.Gostei

  2. coxinha master
    19/03/2015 at 21:58

    interessante o texto publicado pelo clube militar:http://clubemilitar.com.br/pensamento-do-clube-militar-23/ e
    http://www.pco.org.br/nacional/manifesto-de-militar-defende-golpe-de-estado/aeya,b.html
    Nao sou o que se pode chamar de Inteligente,mas me entedio em apenas conversar com os tais “coxinhas “e “quibes”.Em situacoes de bate -papo com os tais,diante do circo de horrores ,basta-me uma atitude :um silencio profundo ,uma tristeza revoltante,e paradoxalmente ,uma vontade de rir com os “humoristas”.Silencio pela perplexidade(um mar de argumentos
    “nunca dantes navegados”).Tristeza,por um erro na formacao de nossos jovens ,que temos ainda de conviver durante seculos.Rir ,pois sao verdadeiros” humoristas.E com H maiusculo.
    E sao muitas as perolas que vemos e ouvimos,nesse terreno.O advento da internet potencializou isto tudo e vivemos quase o que Mainardi,em entrevista ao roda viva falou sobre a internet.

    • 19/03/2015 at 22:36

      O que Mainardi falou é a constatação da bobagem elitista, não é o que eu falei.

    • coxinha master
      20/03/2015 at 01:10

      numa antiga entrevista ao programa em questao,ele disse que na internet as coisas se generalizam sem nenhuma criticidade.Da leitura dos primeiros paragrafos do seu texto poderiamos ,a titulo de contribuicao,acrescer sim esta consideracao.Depois ,vc mesmo cita :Todos os trolls do mundo saem da Internet e vão para a Av. Paulista! Foi isso dia 15, precedido pelo dia 13.
      Outra coisa:vc consideraria que esses movimentos dos dois dias citados,guardam uma relacao com aqueles ocorridos em 2013(pergunta)
      abs

  3. LMC
    18/03/2015 at 16:35

    Não dá pra dizer que tucanos
    ou petistas traíram seus
    próprios programas quando
    chegaram ao governo.Como
    no Brasil,quem não faz
    presidencialismo de coalizão
    se ferra,tem que governar
    com partidos que nem o
    apoiaram em suas campanhas.

    • 18/03/2015 at 17:31

      LMC dá sim, você está errado.

    • Edaioros
      21/03/2015 at 04:36

      Paulo, Estou acompanhando a discussão, achei muito interessante está sua resposta que é possível se governar de forma diferente da que se vem fazendo no ciclo psdb/pt. Poderia qualificar esta sua ideia? Ou sugerir uma postagem, ou vídeo, ou artigo em que você explicita essa questão?

      Obrigado!

    • 21/03/2015 at 10:13

      Edaioros. Chegou a ver o último Hora da Coruja?

    • coxinha master
      19/03/2015 at 22:02

      concordo com vc lmc.
      E acrescento:em 1993 tivemos a chance de discutir o Parlamentarismo,sistema complexo,que talvez evitasse (caso implantado) muitos dos vicios que temos que conviver no nosso sistema politico.

  4. Raimundo Marinho
    17/03/2015 at 17:27

    Mestre Ghi, obrigado pelo texto.
    Tem um comentarista (historiador) na tv cultura – Marco Antônio Villa, ele dá boas dicas de como ser um um coxinha.
    rsss

    • 17/03/2015 at 18:50

      Raimundo eu vi o cara uma vez só. Mas acho que ele é um coxinha a mais. Não é um mestre coxinha.

  5. neoquibe
    17/03/2015 at 15:53

    Paulo, muito bom ter “descoberto” você” Seu humor(ou falta dele) é corrosivo, porém refinado. Comente sobre o crescimento do fundamentalismo no Brasil e sua implicação em nossas vidas, já que estão no legislativo, executivo e judiciário.

    • 17/03/2015 at 16:12

      Neoquibe! Fiz isso em vários lugares, no Hora da Coruja, em livro, aqui mesmo no meu blog. Não há propriamente fundamentalismo. Fundamentalismo não é isso aí que fazem as igrejas papa-níqueis. Essas igrejas são apenas um acentuado comércio da mágica. O elemento principal a ser notado nelas é que elas promovem a religião do tudo pode, nada mais é pecado, mas como religião é moral popular e moral tem de proibir alguma coisa, eles proíbem algumas palavras, e, é claro, proíbem não pagar o dízimo. Cria-se nos jovens um fenômeno de época, já gerado por outros elementos: o descolamento da linguagem do mundo, ou o aparente descolamento, e o senso comum ideologizado acredita mesmo que a linguagem seja um “mero falar”. Desse modo, num mundo assim, a linguagem vira algo mágico. Ganha força mágica. Quem falar seu abracadabra terá poder. Os pastores falam abracadabra, então eles têm poder. E eis que o ciclo de retroalimenta.

  6. Claudio
    17/03/2015 at 13:42

    Elite, “bem instruída”, a maioria com diploma universitário, muitos estudaram sem precisar trabalhar….e nesse nível??? Não é à toa que perderam as rédeas pra esquerda mequetrefe.

    • 17/03/2015 at 13:45

      Claudio. Não são elite, são ricos. A esquerda não é mequetrefe. Ela quer ser tornar mequetrefe.

  7. João Pedro
    17/03/2015 at 12:49

    Professor, assisti a uma parte do Hora da Coruja de ontem e ficou na cabeça a fala da Fran, de que não será uma estratégia do PT e PSDB de polarizar os discursos (contra ou pró impeachment) a fim de pulverizar uma terceira via descontente?

    • 17/03/2015 at 13:06

      Do PSDB não sei, mas que Lula joga na polarização e radicalização, joga, pois ele sempre acha que vence no embate ideológico. Até agora tem dado certo.

    • João Pedro
      17/03/2015 at 15:02

      Mas essa polarização não é ruim pra população? Porque tanto de um lado quanto de outro dá pra perceber que não há vontade para propor as reformas políticas que o país tanto precisa. Ficamos num mundo da imaginação de “golpe ou não golpe” e não debatemos assuntos como aborto, impostos, previdência, reforma agrária, financiamento de campanhas, etc…

    • 17/03/2015 at 15:52

      João Pedro a divergência ou polarização da eleição do Obama e desde a fundação dos Estados Unidos (polarizado até com guerra civil) nunca fez do americanos senão os donos de uma grande nação.

    • João Pedro
      17/03/2015 at 17:20

      Sim, nesse caso mas duvido que o PT ou o PSDB vão se renovar. O PT não toma vergonha na cara, colocando como slogan do governo “Brasil Pátria Educadora” e Cid Gomes como ministro da educação, e os tucanos continuam medíocres, vide paraná e são paulo.

    • 17/03/2015 at 18:51

      João Pedro os tucanos são traidores mais que qualquer outro partido. Foram os primeiros a negar o próprio programa. Se formaram como social democratas e logo no primeiro governo que fizeram aplicaram o receituário oposto à social democracia.

  8. LMC
    17/03/2015 at 09:46

    E o artigo do titio Safatle na
    Folha de hoje?Leiam,vocês
    vão rachar o bico com as
    platitudes que ele escreve.

  9. Silente
    17/03/2015 at 02:12

    Tu já tá é afinando não é não, cuzao do caralho?Se ao menos tivesse o cÚ da tua esposinha. Aliás, que cÚ, MEU DEUS!!!!!

    • 17/03/2015 at 09:51

      Silente vou deixar sua manifestação aqui para meu leitores verem a inveja que desperto porque sou charmoso, inteligente, experiente, quase-rico, reconhecido pelo meu trabalho de filósofo e feliz, e ainda por cima tenho esposa jovem, bonita e filósofa. Obrigado! Ah, um detalhe, sei que um Zé Mané como você não tem coragem de colocar o nome, mas veja, não precisa se esconder, pois se colocar o nome, ainda assim ninguém saberá quem você é. Então, pode colocar o seu nome. Beijão.

  10. talvez quibe
    16/03/2015 at 21:58

    O senhor traduziu muito bem o que eu senti nas manifestações em BH.
    Não havia negros e
    “aparentemente”não havia pobres.Foi a ” hiperpolitização mais despolitizada”que já presenciei.Estou sem tribo, não sou de direita mas não me sinto representado por nenhum partido. Acho que sou oposição de esquerda, meio quibe.

    • 17/03/2015 at 09:49

      Neoquibe, olha, você não precisa ter partido e nem ser politizado. O que você precisa ter é discernimento para ver o que é que prejudica você em cada medida governamental.

    • neoquibe
      17/03/2015 at 15:33

      Tá bom até gostei, melhor ser neoquibe do que ser
      neotucano. Professor eu estou perplexo, não vi faixas ou cartazes citando Renan ou Eduardo Cunha.Era só IMPEACHMENT, FORA DILMA, RENÚNCIA e INTERVENÇÃO MILITAR “CONSTITUCIONAL.

      Nada sobre ESTADO LAICO nem RESPEITO A DIVERSIDADE RACIAL SEXUAL.

    • 17/03/2015 at 15:50

      Neoquibe você não é melhor que o neotucano. Você é igual ao neocoxinha. Só uma besta ia querer ver faixas que não fossem contra o governo numa manifestação contra o governo. Putz! Porra!

    • LMC
      17/03/2015 at 12:18

      Quibe,o Nelson Rodrigues,que
      hoje em dia virou o xodó da
      direita,dizia em 68 que não
      tinham negros nos protestos
      contra o regime militar,como
      dizendo “os pobres estão
      conosco” pra justificar os
      AI-5 da vida.

    • 17/03/2015 at 13:09

      Também não foram negros no Fora Collor. Todavia, nesses protestos, são sim os ricos os puxadores de fila. Ao menos nesse momento.

  11. Márcio
    16/03/2015 at 19:33

    Paulo, e o lance da turma no Rio chutando e xingando um cachorro porque ele estava com uma blusa vermelha. Viu isso?

    Uma amiga minha já deixou o cachorro preso na porta de uma padaria e, quando voltou, viu gente xingando o cachorro pela mesma razão.

    O que essa gente tem na cabeça?!

    • 16/03/2015 at 19:57

      Márcio se você vê as fotos e os cartazes, você sabe que são débeis mentais. Essa gente está aí, solta. Há 1/3 da população propensa ao idiotismo.

    • coxinha master
      19/03/2015 at 22:07

      nao vi isso
      e pesquisei e nao encontrei
      Pode postar um link com a noiticia,please.
      abs

  12. Rony
    16/03/2015 at 18:08

    O teste da “acentuação na palavra cu” é infalível!!

  13. Fabiano Nach
    16/03/2015 at 16:54

    Calma meu caro. Vem aí a geração “Pau de Selfie”.

    • 16/03/2015 at 18:10

      Fabiano, pelas fotos que vi, ela estava la´, com a camisa da CBF.

    • LMC
      20/03/2015 at 12:12

      E se estivessem com a camisa
      verde-amarela com o Snoopy
      ou o Mickey diriam que estavam
      sendo pagos pela CIA.Até
      um deputado do PT disse que
      esses protestos tinham a
      CIA por trás.kkkk

  14. alexandre
    16/03/2015 at 16:02

    Onde encontro um teste rapido para saber se sou coxinha da direita ou kibe da esquerda?

    • 16/03/2015 at 16:04

      Teste rápido. Escreva a palavra “cu”. Escreva em inglês “Intervenção Já!”.

  15. Usp10
    16/03/2015 at 15:49

    Depois da graça a única coisa legal nesse protesto foram as patricinhas gostosas que apareceram. Eu pensava que só a Marcha das Vadias tinha uns showzinhos rsrsrs

    • 16/03/2015 at 16:07

      USP10 olha, essas mulheres sujam a cadeira se soltarem um pum. Tô fora. Além disso, mulher burra deixa de ser gostosa, mesmo calada.

  16. José Afonso
    16/03/2015 at 13:57

    É, mas a mulherada também não fica atrás…se os rapazolas não são chegados numa perestroika, as moçoilas parecem viver em um desenho animado de fadas da Disney.

    • 16/03/2015 at 14:19

      José Afonso você está por fora. As mulheres NÃO se desenvolveram iguais ao homens não. Elas mentem.

    • José
      16/03/2015 at 14:52

      Essas mulheres de hoje fazem muito cú doce também.

    • 16/03/2015 at 15:48

      José você é um cara de direita né? Só o coxinha acentua “cu”.

    • LMC
      16/03/2015 at 16:27

      Por falar em cara de
      direita me lembrei do
      titio Renan sendo
      elogiado pelo Aécio.
      O Renan é um
      Collorzinho idêntico.

  17. José
    16/03/2015 at 13:40

    Vc disse tudo, é realmente muito estranho ver os petistas falando em golpe o tempo todo, há anos eles falam nesse golpe, e quem critica o governo Lula/Dilma é chamado de golpista e coisas piores. Do outro lado é mais ou menos igual, se vc elogia alguma coisa do Governo Lula/Dilma é um comunista maldito. As coisas estão muito ideologizadas, no sentido mais torpe.

    • 16/03/2015 at 13:57

      Ideologizada e fora de época! Ou seja, os garotos na rua são meio débeis mentais.

    • LMC
      19/03/2015 at 12:15

      Zé,isso não é nada,
      literalmente falando.
      O que tem de ministros
      de direita no governo
      comunista(?)da Dilma
      não está em
      nenhum gibi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

About Paulo Ghiraldelli

Filósofo