Go to ...

on YouTubeRSS Feed

21/11/2017

Dez falsas afirmações sobre Sócrates

Afirmações falsas sobre Sócrates. Agora você pode corrigi-las. Inclusive algumas que estão em bons livros que você anda por aí repetindo. Cuidado!

1. Sócrates usava a maiêutica. Não, Sócrates usava o elenkhós. A maiêutica, apesar de famosa, é uma invenção do Sócrates do Platão, e aparece muito pouco na obra platônica. Aliás, não é conciliável com o elenkhós (como pensa Marilena Chauí, erradamente).

2. Sócrates disse “Só sei que nada sei”. Não! Sócrates disse que não sabia sobre o que perguntava aos atenienses, e não algo tão geral quanto essa frase.

3. Sócrates nunca escreveu nada. Provavelmente, uma mentira. Sócrates nunca escreveu nada, até onde sabemos, de filosofia. Mas escreveu outras coisas. Há por exemplo a observação dele estar compondo poemas na prisão.

4. Sócrates foi o autor da frase “conhece-te a ti mesmo”. De modo algum. Essa frase pertencia ao Templo de Apolo, em Delfos, e vinha seguida de outras.

5. Sócrates foi o filósofo que favoreceu a razão contra o mito (ou Sócrates era ateu). Sócrates era religioso. Ele foi um devoto do “deus do Templo (de Apolo)”. Ele não filosofou contra a religião, mas por indicação religiosa. Ele via seu filosofar como missão do deus para com Atenas.

6. Sócrates usava da ironia como método. Não! A ironia socrática é algo próprio da sua conversação e não tinha nenhuma função didática ou metodológica tão expressa quanto se diz. Aliás, há helenistas que tentam mostrar que a ironia, no sentido moderno da palavra, é uma criação de Sócrates-Platão (Vlastos faz isso).

7. Sócrates foi condenado por Atenas porque fez a juventude pensar. Afirmação ingênua. O processo de Sócrates envolve elementos de várias ordens. Ele fez desafetos políticos e, também, inaugurou nova forma de religiosidade.

8. Sócrates foi humilde com o “só sei que nada sei”. Sócrates não era humilde por uma razão simples: nenhum grego conheceu a humildade como nós a pensamos. A noção de humildade é do cristianismo tardio. Sócrates combateu a hubris grega, e essa tem a ver com o orgulho, sim, mas é o orgulho no sentido da desmedida, de se fazer mais capaz que tudo. Ninguém pode ser mais capaz que a divindade, diria Sócrates.

9. Sócrates era homossexual. Cuidado!  Cabe para o grego a noção de homoerotismo, devidamente qualificada no sentido do namoro entre homens de diferentes idades, a serviço da pederastia. Sócrates-Platão subverteu a pederastia clássica, pois ousou introduzir pré-requisitos nessa pederastia, exigindo mais que a troca de favores sexuais do jovem com o cidadão.

10. Sócrates era um filósofo com conhecimentos vários. Não! Sócrates jamais usou a filosofia para o campo das matemáticas ou ciências. Quando assim fez, ele já era personagem de Platão. O Sócrates histórico deixou claro que seu filosofar era no campo moral e que no campo da investigação “sobre o Céu” ele nada entendia e acha que nem era produtivo tal investigação.

© 2011 Paulo Ghiraldelli Jr, filósofo, escritor e professor da UFRRJ

Finalmente agora em 2015 o livro para aprofundar tais questões! Peça agora na Livraria Martins Fontes ou Livraria Cultura ou Livraria da Folha etc.

Veja também o vídeo

 LANÇAMENTO1

40 Responses “Dez falsas afirmações sobre Sócrates”

  1. Washington Rodrigues
    04/09/2017 at 10:51

    Entendo que para os amantes do saber aqui está faltando ler Augusto Cury será libertador e bem atual.

    • 04/09/2017 at 11:04

      Ha ha ha Washington a auto-ajuda é um lixo, aprenda isso. A auto ajuda de Karnal, Cury, Pondé e outros é um lixo.

  2. Rafael
    20/08/2017 at 23:35

    Olá Paulo,

    Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pela obra. O pouco que li em resumos e vi em seus vídeos foi o suficiente para já ter comprado o seu exemplar (que ainda não chegou). Gostaria de saber se existe um meio de tirar mais dúvidas com você sobre este tema?

    Agradeço pela atenção e te desejo todo o sucesso do mundo!

    • 20/08/2017 at 23:50

      Rafael, respondo sempre pelo facebook e pelo grupo de filosofia nele, ou pessoalmente na Faculdade Paulo VI

  3. Maria
    14/08/2017 at 15:50

    Boa tarde me enteressei por filosofia a pouco tempo
    Como faço pra saber o básico o que devo ler e por onde começar ?

    • 14/08/2017 at 19:02

      Maria, pode pegar os dois volumes meus, A aventura da filosofia (Manole)

  4. Diego
    31/07/2017 at 22:30

    Para quem quer contrapor Sócrate, leia Crepúsculo dos ídolos (Friedrich Nietzsche ).

  5. Ronie Péterson
    07/05/2017 at 17:49

    Importantíssimas estas críticas! Impulsionam o estudante a aprofundar os estudos sobre a Grécia Antiga.

  6. Erick Simões Rosa
    03/11/2016 at 22:19

    Sobre tudo isso posso concluir que primeiro, nada sei, e segundo a sociedade ocidental foi formada por duas coisas, sócrates e majoritariamente, jesus cristo, durmam com essa

  7. fabio
    28/10/2016 at 05:26

    Interessante, não sabia destas coisas sobre Sócrates.

  8. Edio Alves
    17/07/2016 at 15:59

    O item 5 é reafirmado na introdução do livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo… muito bem! Foi o item que mais teve certeza para me.. não quero dizer que os outros são falsos.Afinal de nada sei !.
    Isso cabe ao senso comum decidir!
    Parabéns!

  9. Cristiane Adder
    02/07/2016 at 02:33

    Eu sempre tenho a curiosidade de ler os comentários dos artigos que investigo na Internet e hoje realmente me surpreendi. Por dois motivos basicamente, as respostas do autor: arrogância, inconsistência e muitas certezas ( o que é questionável a qualquer que seja o método); e a péssima indicação da Marilena Chauí para iniciantes/iniciados na filosofia. Erros grotescos para uma pessoa minimamente “inteligente”, “bonito” e “bem sucedido” afinal e contas até mesmo esses conceitos são amplamente questionáveis. Ademais, uma dica aos que procuram aprender de socrates: leiam os clássicos de Platão, Aristófanes e Xenofonte e então reflexionem e tirem suas próprias conclusões. Não percam o tempo de vocês com esses escritores baratos.

    • 02/07/2016 at 08:39

      Adder você escreveu aqui apenas tentanto dizer: eu existo. Mas você, na verdade, dando essa opinião aí, mixuruca, que não foi capaz de ler as boas críticas e debates aqui, não conseguiu mostrar que existe. Tá cru. E depois o preconceito contra Marilena Chauí, que eu critico mas sei o valor, mostra bem de onde você vem. Não tem como você esconder seu ressentimento.

    • Cristiane Adder
      02/07/2016 at 12:02

      Obrigada pela resposta rasa, não esperava outra atitude. Li todos os comentários e não vi debate em lugar algum, apenas auto massagem de ego, escrachos e lamentavelmente o cerciamento e contribuição para a desmotivação daqueles que buscam o conhecimento. Uma pena que você seja assim. Um abraço, fique em paz.

    • 02/07/2016 at 12:12

      A resposta rasa é para pessoas rasas. Você não mostrou competência para conversar aqui, e ganho o merecido e, como Zé Ninguém, voltou a gemer. Aqui não adianta gemer. Tem de ser competente para receber resposta competente. Pode olhar que verá que há os que recebem grandes respostas. Não é uma pena que você seja assim, pois você não existe.

  10. Vitória
    26/04/2016 at 21:02

    Gostaria de saber a fonte, para ter argumento.

  11. Caruê Gama Cabral
    15/04/2015 at 20:53

    ´´Sócrates não era humilde por uma razão simples: nenhum grego conheceu a humildade como nós a pensamos. A noção de humildade é do cristianismo tardio. “
    Completamente absurdo, a humildade foi levada ao extremo por filósofos Cínicos bem antes de Jesus, alias o mais provável é que Jesus sofreu grande influencia dos filósofos cínicos que defendiam a humildade e a simplicidade.

    • 15/04/2015 at 21:08

      Caruê penso que você não sabe quem sou eu, que, enfim, estudei um pouco. Eu tenho um pouco de experiência com filosofia. Em filosofia grega é bom ter uma noção de grego. Já imaginou um Diógenes humilde? Os desafios de Diógenes a Alexandre, conhece? De humildade ali não tem nada. Mas não pode ter mesmo, a hubris, que seria o que mais se aproxima ao “orgulho”, não tem como contraponto a humildade, mas a sabedoria. A coisa aí é complexa. Essa é a parte da história da filosofia que depende de muito estudo. Mas, sobre o que falei, está correto sim Caruê.

  12. Tyson
    19/03/2015 at 16:12

    Ola, estudando sobre Sócrates achei uns erros que ele cometeu para a lei da época, como deixar os soldados mortos da guerra para trás, e li no Apologia a Sócrates que ele aceitava a pena dele para não ir contra a lei, mas se ele ao corromper os jovens e não cultuar os Deuses da época ele automaticamente já estava indo contra a lei.
    Tenho a missão de acusar Sócrates em um júri filosófico e está sendo difícil para mim achar uns erros neles já que o que sabemos dele é a maior parte por Platão que era seu seguidor, fica mais difícil ainda.
    Posso afirmar por exemplo que ele não era Filosofo.
    Se puderes me ajudar, lhe agradeço.
    Preciso fundamentar minhas teses.

    • 19/03/2015 at 19:39

      Tyson você não leu no lugar certo ou então leu e não entendeu nada. Está cru demais. Leia com cuidado a “Apologia de Sócrates” (procure a edição portuguesa PE) em algum sebo. Aí acompanhe isso com o meu História da filosofia da editora Contexto. OK?

    • Tyson
      20/03/2015 at 12:39

      Vou usar como fonte ”História da filosofia da editora Contexto” e seus videos no youtube.
      obrigado

  13. Nilson leite
    17/03/2015 at 22:36

    Boa noite, sou estudante de direito do primeiro período e tenho a facil missão de como um sofista condenar socrates, porem não consigo encontrar nada relevante no fato dele cultuar novos deuses. pode me indicar alguma obra que não tenha o olhar apaixonado de platão quanto a socrates. para que eu consiga fundamentar e acusar socrates??

    • 17/03/2015 at 22:50

      Nilson o problema não é paixão de Platão por Sócrates. Nada disso. O problema está em você, que não achou nada relevante em uma das acusações (são três), pois você fez um ensino médio sofrível. Ou seja, não lhe ensinaram o básico: Grécia Antiga. O que é a polis. Você precisa aprender o que é a polis e a razão pela qual as três acusações são pesadas.

    • Celia
      12/05/2016 at 09:53

      Como você é arrogante

    • 12/05/2016 at 10:42

      É que eu sou inteligente, bonito, e bem sucedido. Só por isso.

    • José Luiz Benetti
      07/08/2016 at 19:05

      Eu sou, eu sou, eu sou….

    • 08/08/2016 at 10:55

      José, há muita gente que NÃO É.

  14. Paulo C.M
    09/03/2015 at 18:00

    Não entendi essa parte ” mas por indicação religiosa. ” ?

    Obrigado por nos informar de tantas “coisas” esclarecedoras.

  15. Hudson
    17/02/2015 at 14:18

    Como se Marilena Chauí fosse a única a pensar de tal modo. citação dispensável. O seu trabalho é sempre comprometido por esse tipo de bobagem, uma pena.

    • 17/02/2015 at 16:46

      Hudson acho que você não entendeu o que leu. Então não dá para ajudar você. É uma pena.

  16. Jose Efraime Mabote
    18/09/2014 at 05:53

    Muito curioso! Queria saber mais sobre essa visao a cerca do Socrates.

    • 18/09/2014 at 08:09

      José, pegue meus livros, acompanhe. Aliás, tem lançamento de um do Sócrates na livraria Cultura do Conjunto Nacional dia 7 de novembro. Apareça!

  17. emily
    28/05/2014 at 00:51

    estou abismada em saber disso, hoje após uma aula de filosofia fiquei encucada com algumas coisas ditas sobre Sócrates que inclusive estão todas aí, e agora me pergunto, como questionar isso ao meu professor? porém, sei que um erro desses não pode ser admissivel na formação de um educador.
    e agora, questiono ou não? por favor me ajude!

    • 28/05/2014 at 09:16

      Emily, claro que deve questionar. Com tato, mas deve! Além do mais, tem os meus livros para apoiá-la.

  18. Alberto
    26/04/2014 at 22:55

    É bom demais conhecer Sócrates! E estudá-lo é necessário para superar estes e outros equívocos…

  19. David de Sousa
    14/02/2014 at 22:27

    Gostava mais da antiga concepção de Sócrates que aprendi no ensino médio ! E agora só fica aquela dúvida : Sobre o que mais eles mentiram ?

    • 15/02/2014 at 03:25

      David, aprendeu errado, mas se quer saber, basta ler Platão. Tão simples, tudo aí traduzido.

  20. Edgar Indalecio Smaniotto
    29/06/2013 at 10:32

    Ensinei meus alunos do Curso de Pedagogia da FAIP (Faculdade particular da cidade de Marília) a partir desta diferença entre elenkhós (Sócrates) e maiêutica (Platão). Para tanto pedi a compra de seus livros para a biblioteca da faculdade, acho que ocorre este ano ainda. Os alunos entenderam bem, e foram bem na prova. Mas quando foram fazer o trabalho vinham com livros onde se dizia que Sócrates fazia maiêutica. Então tinha que falar pesquisarem em seu site.

    • 29/06/2013 at 13:11

      Edgar, temos de mudar isso. Essa bibliografia velha já encheu o saco né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *