Go to ...

on YouTubeRSS Feed

18/11/2017

Prostituição na China


Saiba da prostituição na China por quem mora lá e frequenta prostíbulos.

A prostituição tem uma longa história na China. Hoje, a China é uma das sociedades mais horrorosas e nojentas que se possa ter notícia, não tanto pelos chineses, mas pelo sistema político onde brigam vários projetos diferentes, incluindo uma turma ultra-conservadora marxista-leninista que ainda consegue: (1) forçar abortos, (2) que se coloque cartazes nas ruas com propagando comunista, dizendo que “nós devemos fazer assim e assado pela sociedade blá blá”, (3) fechar sites de comunicação social mantidos por estudantes nas universidades, (4) demitir professores, (5) combater a prostituição com batidas da polícia em puteiros etc. A ideologia geral prega que a China é uma sociedade socialista, mas na verdade se trata de uma sociedade de ultra-direita onde o capitalismo se instalou na sua maneira mais voraz, pois os mecanismos de suavização social vigentes na vida europeia e americana aqui não possuem vez.

Mas há três coisas que tornam esse super-capitalismo algo suportável para o indivíduo: religião, drogas e putaria. E pelo que eu sei, a oferta desses três elementos aqui é vasta. Mas hoje eu vou focar na prostituição.

Onde achar uma puta?

Achar uma puta é a coisa mais fácil do mundo, na China, embora você não veja ninguém rodando bolsinha na esquina. Na China tem puta pra todos os gostos e bolsos. As mais baratas você encontra em bordéis disfarçados de salão de beleza. Por fora, é um salão de beleza, mas todo mundo sabe que ali tem putas pra cortar mais do que o seu cabelo. Nesses eu nunca entrei pois eu não sou besta. Não sei se elas estão habituadas a estrangeiros ou se possuem linha direta com a polícia. É um risco que eu posso passar sem. Mas onde eu encontrei putas: hotéis e prostíbulos. O caso do hotel é engraçado, pois você entra no hotel e alguém te liga perguntando se quer uma puta. Também já vi um cardápio de putas, do lado do cardápio de bebidas e comidas. Nada mais adequado. O prostíbulo que fui é camuflado como o terceiro andar de um hotel. Ninguém diz que tem um puteiro lá, mas tem. Mas deixa eu explicar como eu achei o puteiro: um messenger chamado QQ, que é o equivalente chinês do MSN messenger. Ali você encontra qualquer puta, em qualquer lugar, pencas de putas.

A experiência de comer uma puta na China

Bem, quem já foi em puteiro no Brasil sabe que ali tem meio que um clima de morte. Pelo menos nos que eu fui, é comum ver nego lá sentado, bebendo, rindo e até segurando uma arma de fogo. Na China, o clima dos puteiros é bem melhor. Com seus 50 mil anos de história, os chineses possuem uma educação e uma certa classe que o brasileiro não tem. Eles são naturalmente mais discretos do que nós e isto contribui para instalar um clima de bem estar e aconchego até mesmo nos locais onde se está violando a lei. A experiência de comer uma puta no puteiro, no hotel ou na casa da puta é, portanto, seguida de uma maravilhosa sensação de acolhimento. Geralmente as putas viram até minhas amigas e querem meu wechat, pra conversar comigo. É curioso, pois sou estrangeiro, elas nunca viram (muitas vem da roça): nunca viram estrangeiro no puteiro falando chinês e com um pau dez vezes maior do que o do chinês. Tudo isto é novo pra elas e torna a minha experiência com elas ainda mais fantástica.

Os preços

Tem todos os preços. Desde 100 reais o boquete até 10mil reais por mês para ter a puta só pra você. Sim, na China é possível alugar a puta por um mês. Os travecos são caros. Geralmente cobram uns 800 a mil reais para passar a noite. Uma trepada pode ir de 200 a 700 reais (isto é, meter e gozar uma vez), dependendo do traveco. Putas são mais baratas, de 150 a 500 reais (por uma gozada). Mais ainda é caro, pois segundo minhas amigas putas, os caras são igual coelho, entram dão duas bombadas e gozam. Prova de que ou eles tem o cano ruim de briga ou então eles estão tão estressados que gozam rápido.

Curiosidade

A mulher do atual presidente da China era “cantora”. Sei. Imagino que fosse uma dessas putas.

Bony Schachter vive atualmente vive na China.  Escreveu esse pequeno texto a pedido deste blog.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *