Go to ...

on YouTubeRSS Feed

28/02/2020

FHC posando de bobo


FHC está se fazendo de besta, ou ficou tonto mesmo? Ele anda dizendo que o PT ganha só onde as pessoas não são informadas, onde são mais tolas etc. Aponta então para o nordeste.

Ora, o PT ganha no nordeste. Sim! Mas isso não é estranho na política brasileira. No final do regime autoritário, mesmo com o governo desgastadíssimo, o PDS ganhava no nordeste. E foi no nordeste que o PFL reinou. Não só no interior do nordeste, mas também nas capitais e entre setores escolarizados.

Mas é necessário cuidado com tal informação.

No Brasil, o governo federal tem peso onde os estados são fracos, e seu candidato, o candidato “chapa branca”, então vai melhor lá. Dilma ganhou no nordeste, onde Lula já tinha mais facilidade, mas onde FHC também teve facilidade quando foi governo.

As pessoas no nordeste não são desinformadas ou burras, como ele diz, elas são informadas e muito; sabem muito bem que precisam do governo federal e apostam no candidato oficial que, enfim, é o que está mais presente.

Agora, quando o governo é excepcional, então até os lugares que não dependem do estado, ou seja, da administração federal, acabam votando no candidato situacionista. Isso é só de vez em quando. Lula conseguiu isso, ou seja, arrancar votação também no sul. Mas governo médio ou ruim vê a oposição nascer mesmo no sudeste ou sul, onde as forças federais oferecem bem menos. No Brasil o voto é “estatal”.

Hoje em dia, com internet, tv, rádio e tudo o mais, querer falar em desinformação de eleitor é bobagem. Ninguém em 2005 não ficou sabendo do mensalão! Ninguém não sabe, hoje, das falcatruas do PT e das do Aécio, que não são menores.

Ele, FHC, está falando de um conceito velho que, do modo que está teimando, já está soando preconceito. Talvez esteja mesmo destilando preconceito, dizendo arrogantemente que se todos estiverem informados então votarão no que ele acha que é o bom. Pode ser, afinal, FHC é exímio em falar qualquer coisa.

Paulo Ghiraldelli

Tags: , , , , ,

24 Responses “FHC posando de bobo”

  1. Thiago Leite
    16/10/2014 at 08:29

    Paulo, essas críticas que tu tás me fazendo parece uns comentários que tu fizesse em relação a Rorty e a briga dele com a metafísica ou a verdade. Acho o tema minoria meio angustiante e complexo. Além disso ele me parece bater de frente com a moral e nesse caso tenho tido muita dificuldade em compreender. Estou com tempo pra ler e comprei o teu livro sobre minorias. Vou pegar ele essa semana e vou lendo e te perguntando melhor as coisas. Acho que aí consigo chegar a algum lugar nisso tudo.

    • 16/10/2014 at 10:39

      Thiago Leite não se parece nada o que estou falando para você. Apenas estou dizendo: acorda. Se você não viu minorias no NOrdeste o que eu posso dizer? Nada mais. Não há negro, índio, mulher, homossexual no Nordeste? Ou seja, minoria e diversidade é um caso paulista? Thiagoooooooooooooooooooo!

    • Thiago Leite
      16/10/2014 at 17:09

      Existe e eu sei que são minorias, mas não estou completamente ambientado com esse contexto político. Tenho dúvidas e não sei se estou sendo preconceituoso ou não com determinado grupo e isso me deixa meio perdido, já que não sei até onde o que falo é tolerável ou não tolerável. Entende isso? Estou atrás dos pormenores sobre o assunto.

  2. Usp10
    15/10/2014 at 16:56

    Nossa

  3. Thiago Leite
    13/10/2014 at 16:20

    Não sei como o paulistano consegue conviver com tanta minoria. Aqui em Recife é muito mais fácil o convívio pq a maior minoria que tem são os gays e só. Negros, índios, gays, estrangeiros, mulheres e nordestinos reclamando de preconceito(sendo os último com muito ressentimento). Acho que o paulistano deve ficar muito perdido e muita gente deve estar metendo os pés pelas mãos sem saber o que fazer com uma sociedade tão complexa.

    • 13/10/2014 at 16:43

      Thiago Leite a melhor coisa do mundo é a diversidade. Você não se tocou?

    • Thiago Leite
      13/10/2014 at 17:07

      Não estou falando disso. O convívio com uma minoria já da trabalho e com mais de uma é que da mesmo. Vejo dessa forma. Não tenho nada contra a diversidade apenas estou em processo de aprendizado ainda.

    • 14/10/2014 at 02:44

      Thiago você tem sim tudo contra a diversidade ao falar o que falou. O que falou é simplesmente um “nazismo ingênuo”. Ou seja: etnias diferentes, diversificação de costumes etc. “dá trabalho”. Acorda cara.

    • Thiago Leite
      14/10/2014 at 18:07

      Ficou vago pra mim…. estou saindo de uma cultura tradicionalmente nordestina e não está muito claro pra mim como me adaptar a um meio com tantas diferenças. Por exemplo, ‘negão’ sempre foi um termo comum ou no máximo pejorativo aqui em Recife, mas hoje isto está se tornando racismo(a mesma coisa pra ‘viado’). Tenho a impressão de que preciso de um manual pra poder falar com cada tipo de minoria, pois cada uma tem uma espécie de ‘vocábulo maldito’. É por esse motivo que pensei em ir devagar, pois não sei qual é o comportamento mais adequado pra viver com cada minoria. Entendeu meu ponto de vista? Também não sabia que eu era um ‘nazista ingênuo’, mas fico feliz de saber da sua colocação pq assim posso pensar em me reciclar se ela for verdadeira.

    • 15/10/2014 at 15:35

      Thiago você não está saindo de cultura nenhuma, você não está no mundo. Só o fato de não notar a diversidade nordestina já mostra que estava meio morto. Viva, acorde, volte para o Nordeste e perceba que lá não há minoria aos olhos de quem não quer ver! Ou seja, deixe de ser o “nazista ingênuo” (aquele cara que acha legal, mais funcional, um mundo sem etnias divergindo). Agora, não se recicle, só lixo faz isso.

  4. Valmi Pessanha Pacheco
    13/10/2014 at 09:47

    PAULO
    Alguns sociólogos foram grandes FILÓSOFOS quando não se deixaram iludir pelo emprego da matemática(estatística) em Ciências Sociais, como apregova Comte.
    Permita-me a vênia: Filosofia é a tarefa de “desgeneralizar” as generalizações ou, como você quer, as generalidades.
    Forte abraço.
    Valmi Pessanha.

    • 13/10/2014 at 16:46

      Valmi: Comte era bom filósofo e ele nunca mandou a estatística dominar o pensamento. Segundo, filosofia não é isso. Terceiro, quem não generaliza não sabe pensar.

  5. Ana Paula
    10/10/2014 at 00:12

    Concordo Paulo. Comentário infeliz e equivocado da parte de FHC. E outra, falam do Nordeste nas redes sociais, mas no Estado de São Paulo em que algumas pessoas se dizem tão informadas elegeram “Tiririca e Maluf.” Eis a “política”.

    • LMC
      11/10/2014 at 16:49

      É,mas o Maluf disputou eleições
      sem precisar ser dono de TVs
      e rádios,como os amigos dele
      no Nordeste.Eis a “política”.

  6. JuniN
    09/10/2014 at 22:36

    Burro é quem vota no PMDB!

    FHC não já chamou os aposentados de vagabundo?!

  7. Guilherme Gouvêa
    09/10/2014 at 12:53

    Na reta final, a grande discussão do país é: Fica PT Vs. Fora PT. Ninguém sequer pensa em discutir programas. Virou coro de torcidas de futebol. Estamos lascados com o que vier pela frente…

    • LMC
      09/10/2014 at 14:42

      Não é só aqui não,GG.
      Nos EUA durante o
      governo Clinton,a oposição
      moralista e puritana só
      queria saber se ele tinha
      amante ou não.Ou
      então,saber se o Obama
      nasceu na América ou
      fora dela.Tenham dó!

  8. LMC
    09/10/2014 at 10:49

    É verdade que hoje,temos
    internet,tv e rádio,mas no
    Nordeste ainda a maioria
    das rádios e tvs pertencem
    a políticos-aqueles que
    apoiaram o regime
    militar,principalmente-
    alguns apóiam Aécio e
    outros apóiam Dilma
    como Sarney e Collor.
    Por isso,essa história
    de “imprensa golpista”
    é puro papo-furado.

  9. Carlos
    09/10/2014 at 00:28

    FHC, parabéns! Só falou verdades.

    • 09/10/2014 at 09:31

      FHC deu de bobo. Faz tempo que vem fazendo isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *