Go to ...

on YouTubeRSS Feed

23/10/2018

Antes animais que deuses!


Para você pensar! Talvez tenhamos criado o estoicismo por sabermos que não somos cães. 

OS CÃES SÃO ADRENALINADOS e, no entanto, conseguem respeitar outros seres vivos. Nós somos menos adrelinados, nos vangloriamos pelo nosso comportamento capaz de “contenção”, mas numa situação como essa daríamos um tapa fatal no bichinho no nosso nariz. Se pudéssemos entender isso, essa nossa desvantagem, daríamos um passo para diante e nós tornaríamos animais, seres bons. Mas, infelizmente, somos irritados como os deuses.

Tags: , ,

11 Responses “Antes animais que deuses!”

  1. Orquidéia
    06/09/2016 at 23:34

    Eu virei budista porque tento respeitar até aos insetinhos.
    Mas o cachorrinho merece ser canonizado,pois é um santo!
    Se uma lesma passeasse em cima de mim,não pensava duas vezes antes de dar um tapa,e ainda sair berrando…

  2. Alberto Bueno
    04/09/2016 at 19:33

    Cristina,cuidado com seu comentário sobre a personalidade do professor Paulo ,como sabemos não devemos contrariar pessoas com Transtorno de Personalidade Narcisista.

    • 04/09/2016 at 21:25

      Alberto, sou um cara transtornado. E mau. Mas não tenha medo, sua mãe não será molestada. Não faço zoofilia.

  3. Paula Mariana
    04/09/2016 at 17:02

    Paulo Ghiraldelli, Isso tem um porquê básico: a tua mente é uma mente reativa. Você caiu direitinho no golpe da mente reativa. Então, reage pelo padrão da reatividade emocional. Meus parabéns, sábio!

    • 04/09/2016 at 18:21

      Oooó! OK, quando escrever uma tese sobre esse seu amado aqui, mande. Obrigado.

  4. Cristina Andreatta
    03/09/2016 at 21:13

    Caro Paulo Ghiraldelli, Você já se perguntou o porquê, quando alguém escreve uma opinião aqui diferente da sua ou da qual discorde, você julga e logo reage com agressividade, deboche, violência, ironia… em vez de agradecer a opinião (o que denotaria o respeito, a tolerância, a paciência, o reconhecimento da diversidade, inclusive a compreensão que cada humano viveu uma trajetória única e que esta o levou a pensar e a agir como age)? Alguém agiu assim com você será, os teus pais, por exemplo? Será uma projeção do teu passado o que você faz ou a projeção de algum conflito mal resolvido do presente? Porque, como sabemos, não é uma atitude sábia tanta reatividade. Você pode mudar, sabia?

    • 04/09/2016 at 07:32

      Andreatta, alguém reage a alguma coisa só com seu presente? Não!
      Adendo: quando alguém faz um pergunta pertinente, tem boa resposta, quando faz pergunta tola e ofensiva, é claro que aí eu perco o amigo mas não perco a piada.

    • Pedro Possebon
      04/09/2016 at 10:35

      Nossa Cristina, nós nunca havíamos percebido isso. Como o Paulo é mau, não? É sério que ele chega a usar de ironia em suas respostas? Quanta pervencida há nesse mundo, não é? Ainda bem que ainda há professores dignos de respeito, na Casa do Saber por exemplo, que não são dados a esse tipo de coisa…

    • 04/09/2016 at 11:22

      Pois é Pedro, eu sou um poço de maldades, às vezes sou um neoliberal muito mau, às vezes sou um comunista perverso. Mas, sou sempre mau! Só minha mãe acha que sou bonzinho. Mas nem sempre. Isso me deixou assim, complexado, porque até minha mãe não acredita que sou bonzinho o tempo todo.

    • Maximiliano José Paim
      07/09/2016 at 09:36

      Já há beatos demais no mundo. Muito mais que a necessidade. Um pouco de maldade ajuda a criar anticorpos.

    • 07/09/2016 at 09:50

      Não mesmo, Paim. Não para mim. Contra animais eu nunca avalio que seja “um pouco”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *