Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

21/08/2017

Marcela, a bela


Letícia Sabatela é linda. Marcela Temer é linda. Quem não consegue vê-las esteticamente, mas põe óculos políticos para tal, foi arrastado por algo que eu não titubearia em dizer que é força da porta do inferno. Dificilmente uma pessoa assim consegue ter momentos felizes na vida.

Não existe em uma mulher “beleza interior”. As mulheres são o que são. Quando belas, se tornam atemporais e, então, jogam fora a ideia de “interior” (portanto, a de exterior também), uma construção que teve em Santo Agostinho seu filósofo par excellence.  Acima dessa ideia de interior e exterior, a mulher bela, como Marcela em seu vestido branco no Sete de Setembro, torna toda a paisagem uma efetiva paisagem. Pode-se passar horas olhando para ela, ver seus cabelos louros sorrirem para o vento, sentir seu vestido humilhar todos os ternos e uniformes do palanque.

Marcela vai ocupar o trabalho de serviço social do Planalto, como é de praxe para toda Primeira Dama. Não vai receber nada porprimeira-dama-1 isso, o que é mais que correto nesse caso. Se cumprir bem o serviço, vai aliar a uma presença que faz parar nossos olhares, um trabalho benéfico ao extremo. Algumas primeiras damas não quiseram cumprir tal tarefa. Outras até cumpriram, mas se submeteram de tal maneira ao cala boca dos aliados do presidente que seria melhor não terem por nenhum dia se metido no trabalho. Com Marcela, há uma vantagem. Se ela não fizer nada, se ficar paradinha, já nos dá um momento estético maravilhoso. E se falar que é “bela, recatada e do lar”, seja por revistas que queiram importuná-la ou seja por feministas que se sintam ofendidas, então o nosso gozo será maior ainda. Nada como uma mulher bela que pode ser qualquer coisa, inclusive “recatada e do lar”. Qualquer fala contra Marcela, com ela tão calada e simpática, sempre denotará uma pessoa com alguma deficiência. Uma deficiência de gosto.

O vestido de Marcela não saiu lá muito caro, cerca de 600 reais. Compro coisa igual por 400. Pagou 200 a mais por conta da assinatura da estilista. Nada exorbitante, pois é não está muito fora da minha prática de professor universitário, com um ganho bem menor que o do Temer. Tenho uma mulher linda também, jovem, e sempre dei para ela, todo mês, um vestido mais ou menos nesse preço. Bem, ao menos fiz isso antes dessa crise que, enfim, vai ter de passar! 600 reais? Ora, nada que eu não tenha gastado, durante um tempo, mensalmente, em livros. Também é algo que espero voltar a fazer, depois da crise.

As mulheres belas são admiradas por mulheres não belas, mas bem amadas. A beleza de Marcela foi aplaudida por várias amigas minhas que me disseram: “dá vontade ficar olhando para ela, sem tirar os olhos”. Aliás, Marcela não tem uma beleza sexualmente provocativa. Tem uma beleza própria para uma jovem Primeira Dama. Esse governo do Temer, pelo modo como o PMDB é, tem tudo para dar errado. Mas, pela necessidade do país sair da crise, precisa de algum modo dar certo. Agora, precisa dar certo também por conta da permanência da Marcela em cerimônias oficiais mais vezes, e não só pelo meu bolso e pelo amor ao meu país. Assim, acabo tendo de torcer para que Temer não jogue fora as chances que tem. Que não faça como Lula e Dilma. Aliás, já que não fez o que estes fizeram ao escolher companheiros de amor, ao menos nesse quesito, penso que já sai na frente. Um homem com uma mulher bonita ao lado pode trabalhar de bom humor todo dia, e com isso tem mais chance de acertar! Tomara, tomara!

É mais ou menos como Janaína Paschoal disse: “ele me deve isso”, de acertar.

Paulo Ghiraldelli, 59, filósofo. São Paulo, 08/09/2016

 

Tags: , , ,

7 Responses “Marcela, a bela”

  1. denis
    29/11/2016 at 22:00

    POR MIM ELA PODIA FICAR SÓ SENTADA PASSANDO BLUSH O DIA INTEIRO. RSRSRRS

  2. Henrique
    08/09/2016 at 11:33

    Dr. Filósofo, não achas que esse papel de primeira dama está em desuso, ou seja, fora do tempo atual? Eu lembro que a Marisa Letícia, mulher do Lula, não teve esse papel. Antes dela, a Dona Ruti, teve esse papel, mas de um modo mais independente e autônomo.

    • 08/09/2016 at 12:16

      Henrique há algo que se chama liturgias do cargo. No Brasil isso se perdeu. Tudo é feito sem liturgia. Deu no que deu. Dona Ruti recebeu um cala boca nacional e público de Toninho Malvadeza e realmente se calou. Foi um vergonha.

  3. osmar oliveira silva
    08/09/2016 at 11:09

    DEIXA DE SER DEMAGOGO, É FALTA DO QUE FAZER?

    • 08/09/2016 at 12:17

      Osmar, acho que você não sabe o significado da palavra demagogo. Agora, que a beleza da Marcela incomoda você, incomoda. Cresça homem, tente apreciar a beleza, faça força. Conheço inúmero homossexuais que acham Marcela linda, por isso, não se acanhe.

  4. Alexandre
    08/09/2016 at 01:46

    O que você acha das meninas do Jô?

    • 08/09/2016 at 12:25

      Há altos e baixos no programa, e sobre beleza, gosto de todas elas. São belezas profissionais, eu diria. Marcela tem a beleza do que é tido como belo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *