Go to ...

on YouTubeRSS Feed

21/10/2018

Dilma Roussef irá descobrir que Padilha é da CIA!


[Artigo para o público em geral]

Temos dificuldade de aceitar torturadores como não sendo exemplos de casos patológicos. São também o emblema do mal e da covardia. Há pessoas que aplaudem torturadores, mas preferimos acreditar que o fazem da boca para fora, como grito de embate político em confrontos histéricos, nunca de modo real, efetivo, como elogio mesmo.

Por sua vez, torturados nem sempre são mais sadios que torturadores. Não raro, o modo como entraram na guerra que os levou a serem torturados e, enfim, suportarem tudo que suportaram, conta muito de uma personalidade endurecida bem antes da tortura. A couraça ideológica, quase religiosa, que faz com que alguém se disponha a entrar numa disputa em que sabe que pode cair sob tortura, não é algo não estudado na história. Já se falou muito a respeito do poder de resistência do fanatismo. Cioran teorizou sobre essa gente, que ele temia como ninguém mais,  e com razão!

Quando aquela foto de Dilma sendo julgada por um tribunal militar visivelmente acovardado, sinto que ali há algo de heroico. Mas isso não quer dizer que ali exista algo de sadio no seu olhar sereno, completamente dono da verdade. Décadas depois, quando vi o olhar de Dilma após o Impeachment, sorrindo, fiquei mais abismado, até um pouco assustado. Um misto de incompreensão da derrota com algo um tanto megalomaníaco, expresso em seu  rosto, deve ter apavorado até mesmo Lula. Ele se abateu com o Impeachment. Ela não. Agora, com o mesmo ar de superioridade e desconexão a respeito de seu tamanho no mundo, Dilma volta a achar que fala “para o mundo”. Em um espetáculo extremamente surreal, ela declarou em entrevista coletiva – chamada por ela – que vai “avisar os líderes mundiais” do que a Netflix, “sem saber”, está fazendo com o Brasil, por culpa de Padilha. Sem qualquer sentimento do que é ser ou não ser ridícula, Dilma disse que vai alertar os líderes mundiais (talvez os do Universo!) que se a Netflix pode fazer o que vem fazendo no Brasil, poderá também fazer nos países desses seus amigos.

Após ela ter dito isso, a propósito de uma frase em uma série de TV claramente ficcional, fiquei esperando o soar de tambores, ou de algum som semelhante ao do “2001 – Uma odisseia no espaço”, como trilha sonara das preparações das ações na Casa Branca e no Kremlin, de onde viria uma preocupação jamais vista. O mundo conectado para tomar ciência da admoestação dessa fantástica líder mundial chamada … quem mesmo? Ah! Sim, Dilma Roussef, um senhora brizolista que era a secretária contábil de Lula para programas de recapeamento de asfalto, o tal do PAC.

Alguns líderes mundiais devem conhecer, hoje, José Padilha. Mas Dilma, bem menos. Garanto que Dilma é um personagem caricaturesco, para os poucos que a conhecem. Os brasileiros são todos megalomaníacos quando se trata de falarem do Brasil e de acharem que o Brasil é conhecido no mundo. Mas Dilma carrega essa característica de forma exagerada e doentia. Só falta ela telefonar para a Marilena Chauí e esta, então, descobrir – graças a alunos da FEFELECH – que Padilha estava junto com Moro em cursos da CIA, e que agora ambos chefiam os “Novos Contra”, no processo em que a nebulosa do Neoliberalismo irá dominar toda a América Latina, banhando-a de sangue e ditaduras.

Lula ri de Dilma e de Marilena Chauí. Como no passado ria das reuniões com Lucélia Santos na casa da Marta Suplicy. Lula sempre riu muito de intelectuais e artistas – nunca os levou a sério, uma vez que levava a sério, mesmo, o professor Delfim Neto. Mas ele sabe que a militância do PT tem energúmenos que acreditam “nessa converseira ideológica” e, enfim, na situação em ele que está, pode repetir essas sandices. Ele está se agarrando em qualquer coisa, até na polícia militar, para evitar ovo! Ele não tem mais nada a perder. Ele jogou fora tudo que a história lhe deu. E ela não lhe deu pouco. Nem mesmo a liberdade, ele tem a perdeu. Perdeu tudo. Ou quase tudo. Só não perdeu o dinheiro com que paga os advogados caríssimos que tentam livrá-lo de uma prisão de doze anos, por ganância corrupta.

Ao lado disso, uma legião de gente que não passou pelo ensino médio, ou que passou mas tem defeito mental, continua então a seguir o PT e chamar Padilha, agora, de fascista. Padilha é o novo fascista! Isso porque Padilha fez ficção e, enfim, a ficção sempre dá boa conta da realidade. Se a fala de Jucá caiu na boca do Lula, na série “O mecanismo”, é por uma razão simples: não há Lula e nem Jucá na série, há sim um … mecanismo que abarca personagens em uma situação de corrupção totalizadora. A moda é chamar isso de corrupção sistêmica. Padilha tirou sarro de Dilma dizendo que os que vão ver a série sabem distinguir realidade de ficção. Sim, sabem — se não forem petistas, sabem.

Espero acordar qualquer dia desses com todos os líderes do mundo tentando achar Padilha, esse homem infernal que pode destruir nações inteiras, segundo a mulher que um dia mandou estocar ar – Dilma Roussef.

Vergonha alheia maior só passei com FHC, que mandou carta para o embaixador americano no Brasil por conta de um episódio dos Simpsons, em que havia macacos nas ruas do Rio de Janeiro.

Paulo Ghiraldelli Jr., 60, filósofo.

Foto: Padilha e Selton Melo, imagem distribuída pela NETFLIX

Tags: , , ,

12 Responses “Dilma Roussef irá descobrir que Padilha é da CIA!”

  1. Nelson
    02/04/2018 at 12:13

    J. Padilha, utilizou o mesmo mecanismo ao atribuir criminosamente fatos a pessoas inocentes, sabe se lá porque, como no ‘estancar a sangria’.
    A parcialidade, um mecanismo do Mecanismo, também foi usada no mecanismo de Padilha, assim como no mecanismo de ‘ A lei é para todos.’
    Complementando, até filósofo utilizando-se do mecanismo. Quanto $?

    • 02/04/2018 at 12:18

      Nelson vou deixar seu texto aí, para provar o meu. Eu disse que há gente desescolarizada e que não entende ficção. Petista em geral tá ficando cada vez mais burro. Deixando seu texto aí, isso confirma o meu, e ainda diverte outros leitores. Obrigado.

  2. 02/04/2018 at 11:18

    Bem, acabei de descobrir uns ignorantes na arte de interpretação de leitura e de conhecimento histórico…
    E pior é que o texto foi escrito por um filósofo!!!
    O que mais vão criar para destruírem o que nunca será destruído?
    LULA é um Grande Homem!
    Vocês são um esterco de vacas…

    • 02/04/2018 at 11:48

      Vou deixar seu comentário aí, Inácia, principalmente a frase “Lula é um grande homem”. Meus leitores precisam de divertimento.

  3. Humberto Cosentine
    01/04/2018 at 22:51

    *a história do Brasil

  4. Humberto Cosentine
    01/04/2018 at 22:49

    Paulo, o que assusta em Dilma e Lula é a coragem de fazer a a história do Bsusto.se mover de forma inédita a favor dos mais pobres. Nunca mais esse país estará sob o controle das elites escravocratas. É isso que você e o Padilha estão sentindo: susto.

    • 01/04/2018 at 22:59

      É preciso ser bem tonto para acreditar, ainda, em Dilma e Lula como pessoas de esquerda.

  5. Gean g. Silva
    27/03/2018 at 12:34

    Texto prendeu minha atenção até o final, bem lúcido!

    Parabéns!

  6. LMC
    27/03/2018 at 11:26

    Que Dilma queira censurar a série
    não é nenhuma novidade.Ela,como
    ex-guerrilheira lamentou a morte
    do “democrata” Fidel.

    Tanto a esquerda quanto a direita
    no Brasil dos anos 60-70 achavam
    que democracia “era coisa de país rico”.
    Até hoje,escuto isso.

  7. Rafael Costa
    27/03/2018 at 00:14

    Num dia desses aí, em uma navegação aleatória no YouTube, eu tava vendo um vídeo da campanha de 89 do Lula. Vários artistas de estatura estavam lá, Antônio Fagundes, Malu Mader, uma galera boa daquela época. Aí num dos comentários um me chamou a atenção “Quanto sonho, tanta esperança jogada fora”. É muito triste ver o que o PT e Lula se tornaram, mesmo que em 89 já desse pra ver os pequenos defeitos, ainda é lamentável ver esse circo dos horrores de hoje.
    Um sujeito com uma biografia como Lula não poderia errar, assim como o Obama nos EUA (e lá, ele teve consciência e não errou), os erros do Lula a gente tá pagando mesmo após 8 anos de sua saída da presidência.

    • 27/03/2018 at 00:29

      Rafael, Lula, naquela campanha, já dava sinais claros de que podia escorregar. A estrutura do partido PT imita um pouco o bolchevismo, a mentalidade de vanguarda. Como o PSOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *