Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

23/07/2017

Política

Entrevista exclusiva de Janaína Paschoal sobre chacina, indenização, sistema carcerário e direitos humanos

Em entrevista exclusiva para este blog, Janaína coloca posições com as quais não discordo em nenhum ponto, levando em conta a política prática. Bem distante de direita e esquerda, Janaína acerta o alvo – Paulo Ghiraldelli. Vejam! Paulo Ghiraldelli: Janaína, muita gente pergunta se não seria o caso do estado indenizar vítimas de bandidos, e

As obrigatoriedades da civilização que alguns não aprendem

A direita política extremada não consegue entender que um país civilizado deve pagar indenizações às famílias de presidiários que estavam sob custódia do estado e foram executados. A esquerda birrenta não consegue entender que Janaína Paschoal está ensinando lições de cidadania ao inspecionar banheiros públicos de lugares que frequenta. A esquerda e a direita tem

O fim total do quarto monoteísmo

Bem antes do fim do Muro de Berlim Moscou já havia deixado de ser um lugar de peregrinação do Quarto Monoteísmo. Agora, finalmente, também é Havana que se despede desse posto, com a morte de Fidel. O próprio ditador, dizem alguns, havia pedido para não fazerem estátuas suas, para evitar o “culto à personalidade”. Na

O fim da homogeneidade na política

Temos hoje no Brasil um equilíbrio entre direita e esquerda, ao menos em termos do debate público em termos retóricos, um maior equilíbrio que até bem pouco tempo atrás. No cenário internacional isso também ocorre. Trata-se do resultado do número de anos que nos distancia, agora, do fim da URSS e do desmantelamento do chamado

A igrejinha da Democracia

Pela primeira vez em nossa história a democracia liberal está se mostrando fraca, incapaz de nos satisfazer minimamente, sem que isso envolva qualquer tendência dissidente do tipo das que ocorreram no pré-II Guerra Mundial, com o nazi-fascismo de um lado e o comunismo de outro, ou ramificações dessas duas correntes. O mundo inteiro está vivendo

“Medíocres do mundo, univos”

O Nacional Socialismo queria uma sociedade hierarquizada, meritocrática e de forte tônus nacionalista. A ideia de democracia na Alemanha era jovem demais. A falta de experiência histórica da prática liberal democrática era um fato, e a bancarrota moral e econômica mais que um fato. Não foi difícil, nessa situação, ver muitas pessoas razoáveis cedendo ao

O imperialismo e o banditismo de Lula

A notícia da Folha de hoje (03/12/2016) não é novidade se pensarmos em termos genéricos, mas é algo sobre o qual vale a pena refletir ao ser tomada no particular. Trata-se da ajuda financeira generosa e completamente ilícita a uma primeira dama de El Salvador, brasileira e velha militante do PT, para uma campanha política

FIDEL MORTO

Fidel durou 90 anos, mais que o socialismo. A URSS durou 87 anos. Cuba socialista? Não, apenas um fazenda com um feitor de mão de ferro.

A sociedade da apatia gerada pelo socialismo

A ideia básica do socialismo é a diminuição da disparidade econômica e social entre os indivíduos. A ideia básica do comunismo é da redução da jornada de trabalho e a eliminação do mercado e, no limite, do estado, liberando o homem para afazeres artísticos, culturais e de lazer. Não são coisas impossíveis de ocorrer, mas,

Falta modelo para o policial brasileiro

O reação mal informada da direita política, e inclusive de má fé, mostra só uma coisa: falta modelo para o policial brasileiro, de modo a mudar também todo a nossa visão sobre as relações entre o policial e seu trabalho. 

Hilary perdeu por defender “gorda lésbica”

Hilary ganhou no voto popular, mas perdeu as eleições. A melhor análise das eleições americanas que li foi a do cientista político Francis Fukuyama (Folha de S. Paulo). Ele anuncia algo como que uma defasagem entre os eleitores americanos e seus grandes partidos. Para ele, o Partido Republicano se tornou um conglomerado de donos de

Como fazer a profecia de Marx dar certo?

Marx historiou, teorizou e profetizou. Infelizmente uma boa parte dos seus leitores nunca quis ler a história e a teoria por elas mesmas, mas só em função da profecia: o capitalismo produziria o socialismo de maneira “natural”, como consequência de contradições internas do próprio capitalismo – e isso começaria pelo “polo mais desenvolvido do capitalismo”.

Sem coxinha o mundo poderia ser pior!

Fernando Holliday é negro e gay, e tem ódio de ser negro e gay. Não entende que ele é uma “cota do Dem”. O Kataguiri é um militante petista invertido. Fica citando “escola austríaca” como Bíblia, igualzinho faz a esquerda estudantil com outros autores que, como o nipônico, também não lê. Esse tipo de gente

Sarandon, Zizek e Brenam: votos das partes pudendas?

Para dizer que não vota em Hilary, Susan Sarandon usa a expressão “não voto com a vagina”. Entendo: se votasse com a vagina, votaria em Hilary, por ela ser mulher? Mas isso significa o quê? Se for um pareamento feminista, estaria errado, mulher é,  para tal pensamento, gênero e não sexo. Então devemos entender a

A República de Sérgio Moro

Moro é um juiz sem juízo. Isso é que se dizia, quando ele começou a ganhar notoriedade ao enfrentar os poderosos. Tudo contava contra ele. Poderia muito bem terminar vítima de um trança-pés ou coisa pior. Mas Moro tem tido uma sorte incrível, ou um anjo da guarda caprichoso. Todavia, prefiro acreditar que o que

A PEC 241 explicada didaticamente

Crise! O Brasil está em crise. O visível da crise é o desemprego. Mas, o que mais significa “crise”, além do visível? Ou seja, no que consiste a crise? Trata-se antes de tudo de crise fiscal. Nosso governo gasta mais que arrecada. Cria-se aí a chamada dívida pública. Como a dívida está grande, os que

A esquerda que não tivemos

Todos sabemos que ser liberal nos Estados Unidos é não ser conservador. Portanto, ao menos lá, para a sorte deles, ser liberal não é incompatível com ser de esquerda. Obama representa a mais autêntica posição liberal americana, na tradição de um Kennedy. Para o Tea Party, interno ao Partido Republicano, ele é visto com um

Trump é antes de tudo uma catástrofe estética

A candidatura Trump não era para valer. O empresário já havia se lançado candidato outras vezes, ocupando um espaço na mídia, que é isso que lhe interessava. Desta vez seria a mesma coisa. Tanto é que Trump apostou no lado abestalhado, fanfarrão e de extrema direita como quem aposta não em ser presidente, mas em

O Sul é o seu país é?

Será que teremos um novo Duque de Caxias pacificando o Brasil? Um chefe militar vindo de Brasília dando lambadas em bundas gaúchas completamente brancas? 24 horas depois, abandonados por paranaenses e catarinenses, os gaúchos então se entregariam como “forças rebeldes” pacificadas e reintegradas ao território nacional. Como punição, o Palácio do Planalto imporia uma pena

Older Posts›› ‹‹Newer Posts