Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

25/03/2017

Política

Sem coxinha o mundo poderia ser pior!

Fernando Holliday é negro e gay, e tem ódio de ser negro e gay. Não entende que ele é uma “cota do Dem”. O Kataguiri é um militante petista invertido. Fica citando “escola austríaca” como Bíblia, igualzinho faz a esquerda estudantil com outros autores que, como o nipônico, também não lê. Esse tipo de gente

Sarandon, Zizek e Brenam: votos das partes pudendas?

Para dizer que não vota em Hilary, Susan Sarandon usa a expressão “não voto com a vagina”. Entendo: se votasse com a vagina, votaria em Hilary, por ela ser mulher? Mas isso significa o quê? Se for um pareamento feminista, estaria errado, mulher é,  para tal pensamento, gênero e não sexo. Então devemos entender a

A República de Sérgio Moro

Moro é um juiz sem juízo. Isso é que se dizia, quando ele começou a ganhar notoriedade ao enfrentar os poderosos. Tudo contava contra ele. Poderia muito bem terminar vítima de um trança-pés ou coisa pior. Mas Moro tem tido uma sorte incrível, ou um anjo da guarda caprichoso. Todavia, prefiro acreditar que o que

A PEC 241 explicada didaticamente

Crise! O Brasil está em crise. O visível da crise é o desemprego. Mas, o que mais significa “crise”, além do visível? Ou seja, no que consiste a crise? Trata-se antes de tudo de crise fiscal. Nosso governo gasta mais que arrecada. Cria-se aí a chamada dívida pública. Como a dívida está grande, os que

A esquerda que não tivemos

Todos sabemos que ser liberal nos Estados Unidos é não ser conservador. Portanto, ao menos lá, para a sorte deles, ser liberal não é incompatível com ser de esquerda. Obama representa a mais autêntica posição liberal americana, na tradição de um Kennedy. Para o Tea Party, interno ao Partido Republicano, ele é visto com um

Trump é antes de tudo uma catástrofe estética

A candidatura Trump não era para valer. O empresário já havia se lançado candidato outras vezes, ocupando um espaço na mídia, que é isso que lhe interessava. Desta vez seria a mesma coisa. Tanto é que Trump apostou no lado abestalhado, fanfarrão e de extrema direita como quem aposta não em ser presidente, mas em

O Sul é o seu país é?

Será que teremos um novo Duque de Caxias pacificando o Brasil? Um chefe militar vindo de Brasília dando lambadas em bundas gaúchas completamente brancas? 24 horas depois, abandonados por paranaenses e catarinenses, os gaúchos então se entregariam como “forças rebeldes” pacificadas e reintegradas ao território nacional. Como punição, o Palácio do Planalto imporia uma pena

A direita venceu e não pode comemorar?

Não há nenhum dúvida que as eleições municipais de domingo último (dia 03/10), na sua maior parte, deu vitórias a candidatos que estão fora do espectro da esquerda. O PT é o grande derrotado do pleito, mas não só. Todavia, o mais curioso é que a direita não pode comemorar muito, se assim o fizer,

Finalmente a democracia admite o rico?

A passagem do século XIX para o XX marcou o aparecimento da democracia liberal de massas. Este tipo de democracia, chamada de democracia moderna, paulatinamente obrigou a todo tipo de candidato, conservador ou não, progressista ou reacionário, a adotar um só discurso a ser proferido: “estamos aqui para sermos votados, e queremos ajudar os trabalhadores

Lula: o buraco negro dos intelectuais de esquerda

Primeiro Lula sugou a política de esquerda, agora, não contente, quer dizimar toda a intelectualidade de esquerda. Enquanto não jogar todo mundo em um grande pasto, para um jantar apocalíptico de grama, não vai sossegar. Há heróis que são autodestrutivos. Hitler quis incendiar Berlin quando o Terceiro Reich acabou. Não suportava a ideia do suicídio

O patrulheiro ideológico em tempos de crise aguda

É a crise! Só pode ser. O dinheiro está curto até para os que têm emprego público, imagina então o professor que não conseguiu se estabelecer numa universidade pública por conta de não ter passado em concurso? Este, fica louco. Precisa arrumar aulas aqui e ali, necessita de público que o convide para palestras. A

Crianças na manifestação – por que não?

Todas as manifestações contra Dilma na avenida Paulista acolheram famílias e crianças. A imprensa dita de esquerda, inclusive internacional, utilizou as imagens de maneira pouco honesta. Ao invés de mostrar o quão pacífica foram as formas usadas por manifestantes e policiais, foi direto para as imagens de donas de casa de classe média alta com

PT? Não mesmo! Tenho cérebro, e gosto dele!

FIQUEI NO PT seis meses. Só. Foi no ano de 1992. Saí antes de Weffort e bem antes de Hélio Bicudo, porque vi que Zé Dirceu controlava os diretórios, e fazia a cabeça até de amigos meus, inteligentes. Eles recebiam uma deliberação tirada pelo voto no diretório e, uma vez na convenção, votavam o oposto,

Escondendo a estrela vermelha

A estrela não pode aparecer. Essa é a ordem da sobrevivência política atual, até entre petistas quase roxos. Querem continuar vivendo da política, mas já não possuem nenhuma bandeira, nenhuma proposta e nem mais a estrela. Aliás, ela se tornou um estorvo, um símbolo da corrupção para uns, traição para outros e incompetência para muitos.

Dilma a primeira e última “presidenta”

A ideia de tentar ensinar gramática à jurista Carmem Lúcia é talvez a coisa mais ridícula que já vi. É o suprassumo da ignorância. É tarefa para professor universitário petista, a espécie que ultimamente está se esmerando na tentativa de sair da linhagem humana.

Só é ódio se for ódio político?

Um indivíduo faz uma pichação em casa alheia e, não contente, espanca o proprietário. Ainda não satisfeito, junto com outros espanca o filho do proprietário levando-o à morte. As pessoas dizem “crime bárbaro”. Mas elas não dizem “ódio”. Agora, se alguém agredir ou outro com um palavrão em rede social e tal coisa tiver relacionada

A minha esquerda

Posições como as Richard Rorty e Peter Slorerdijk alimentam convicções filosóficos de uma esquerda que, na política, tem a expressão neste rosto de Michelle Obama. Veja o vídeo e entenda.

Older Posts›› ‹‹Newer Posts