Go to ...

Paulo Ghiraldelli on YouTubeRSS Feed

19/08/2017

Política

Monumentos confederados não são inofensivos

Ninguém cultua a Santa “Rodovia Castelo Branco”. Nunca fiquei sabendo de gente que passa pela rodovia, no Estado de S. Paulo, e diz aos filhos: vamos parar aqui e orar pelo grande brasileiro Castelo Branco, que para nos salvar do comunismo (que não vinha de lugar algum!), nos colocou em uma ditadura de duas décadas”.

Esquerda inaugura o “Vamos!”. Mas nós não vamos!

A Folha (14/08/2017) noticia que a esquerda está se reunindo para pensar a vida “sem Lula”. Essa nova esquerda lança site com o nome de “Vamos!” e está com o ideário do partido Podemos, da Espanha. A ideia é uma esquerda mais horizontal e renovada. Na prática o desmentido já vem estampado nos primeiros atos: Boulos

Lula vai ou não ficar fora da política? Entrevista com o Procurador Dr. Carlos Fernando

Dr. Carlos Fernando dos Santos Lima é Procurador Regional da República do Ministério Público Federal. 1) Como fica a situação de Lula agora, após condenação? Todos se perguntam: tecnicamente, ele irá poder ser candidato ou não? Ele somente não poderá ser candidato se e quando confirmada a sentença condenatória pela turma do Tribunal Regional Federal.

Moro trouxe à luz o Lula real

Os intelectuais petistas e seus elementos satelizados inauguraram uma nova forma de definir o que é crime. Só é crime aquilo que é cometido por Brutus contra César, e com alguns adendos bem especiais. Um crime verdadeiro, para esse pessoal que se tornou dono da esquerda no Brasil, é aquele em que a vítima grita

Historiadores! Aécio perdeu o salário

Historiograficamente falando, a perda de salário do senador Aécio Neves nunca alcançará o sucesso do Impeachment de Collor e Dilma. Talvez nem mesmo consiga aparecer mais que o desprestígio de Temer e o folclorismo machóide do restolho dos Galinhas Verdes, o Bolsonaro. Mas, se quisermos escrever a história política do Brasil daqui uns anos, não

Por que o bolsonarista e o lulista se parecem?

A esquerda nasceu de movimentos igualitaristas, contra a hierarquia baseada no sangue e no dinheiro. A direita se fez na proteção das hierarquias, no início as de sangue, depois as do dinheiro. Nem a esquerda e nem a direita tinham a conquista do poder de estado como finalidade. Tomar o estado sempre foi um meio para

Os Neves, de Tancredo a Aécio

Tancredo era um homem conservador em todos os sentidos. Moralmente e economicamente optava por tradição de costumes e ortodoxia monetarista. Politicamente, no entanto, Tancredo não era propriamente um conservador, era apenas mineiro. Tinha apreço por alianças amplas. Foi assim que, em pleno regime militar, conseguiu tecer uma tela que serviu de pano de fundo para

Lula, o príncipe sem coroa e, claro, sem vergonha

Em um cargo de direção de uma universidade, pedi a nomeação de uma pessoa indicada por um amigo, quando então descobri que tal professor não tinha os diplomas exigidos para o cargo. Mesmo passando pelo vexame de não ter checado antes, fui imediatamente ao reitor, pedi desculpas e falei com ele que eu também me

Quem é Lula hoje?

Lula foi desmascarado uma centena de vezes. A única vez que se sentiu envergonhado e desconcertado foi na primeira aparição pública para explicar o “mensalão”, há mais de uma década. Pessoas que estão hoje dirigindo empresas ou fazendo seu doutorado ou dando duro para sustentar família eram garotos nessa época, não se lembram ou nem

O que pensar da Reforma Trabalhista?

Quando havia comunistas na Terra e quando os fascistas preparavam a II Guerra, era comum o ataque de ambos ao liberalismo. Às vezes, até algumas alianças se faziam entre os polos opostos. As confusões eram comuns. Os comunistas diziam que o liberalismo mantinha hierarquias demais e que, por isso mesmo, tinham um pé no fascismo.

Hélio Schwartsman e o segredo da boa mentira política

É curto e excelente o artigo do Hélio Schwartsman sobre a mentira, publicado na Folha em 18/04/2017 com o título de “O cérebro causídico”. Ele explica como que mecanismos cerebrais nossos nos permitem mentir de modo a sermos eficazes na mentira. A melhor mentira é aquela na qual acreditamos, e acreditamos sempre naquilo que não

Trump em guerra revela “a outra América”

Cinco pensadores entenderam a América: Tocquevile, Dewey, Rorty e Sloterdijk. Mas só dois, Dewey e Rorty, compreenderam sua dupla face no seu cotidiano. Eles foram filósofos americanos no sentido mais autêntico da palavra. Viveram os dramas da criação dos chamados Founders Fathers. Dewey deixou claro que a “América” era uma coisa e os “Estados Unidos”

Tercerize-lo-ei!

A “terceirização” aprovada no Congresso sem sombra de dúvidas enfraquece o trabalhador diante do empregador. Ninguém tem dúvida disso. O modo de dizer isso pode variar, mas o fato é sem dúvida este. Agora, se isso é bom ou ruim para o país nesse momento, então aí estão as dúvidas. Para as posições tradicionalmente à

FHC e Lula, os dois mentirosos

O que FHC e Lula têm em comum é que ambos usam do mesmo artifício para se defenderem: “o governante não tem como saber de tudo”. A frase por si só não tem validade. Todos nós podemos dizer isso em qualquer lugar e em qualquer época. Dizer isso é o mesmo que dizer “nós mortais

Há algo mais na morte de Marisa Letícia?

No final dos anos oitenta, durante a primeira campanha de Lula à presidência, Chico Anísio fez uma piada no quadro que tinha no Fantástico, da Rede Globo, que lhe causou uma boa dor de cabeça. Ele imaginou Lula ganhando as eleições e então chegando nao Palácio do Planalto com Dona Marisa ao lado. Esta então

Reeducação do nosso comportamento ativista

O filósofo Peter Sloterdijk tem um modo de ver o mundo que nos autoriza a dizer que certos ativismos são uma forma de dar peso gravitacional para quem vive num mundo leve demais. Creio que há muita verdade nisso, e em nada uma tal coisa desmerece os ativismos. Que mais e mais gente cuide de

Um tapinha russo não dói?

Encontrei um livro que fala de como tratar fascistas, como discutir com fascistas etc. Li um pouco. Mas o texto é ruim, chato mesmo. E tem um defeito grave: parece se divertir em ser fascista contra fascistas. Deveria se chamar: carta da intolerância contra que eu acho que é intolerante. Quero conversar sobre isso, levando

Older Posts››