Go to ...

on YouTubeRSS Feed

16/08/2018

Mini conto

O Capitãozinho do Mato

[Mini Conto de Taubaté] “Gregório” – ei aí o nome do negro, de dorso nu, exposto na praia de S. Vicente. “Gregório”, nome recebido ali mesmo, pelo homem que lhe examinou os dentes e o saco, e o destinou a Taubaté, para uma fazenda do “café novo”. Trabalhou trinta anos na mesma fazenda, a Boa

Jesus sob tentação – a verdade

Mini-estória Jesus foi ao deserto para meditar. Queria pensar na vida. Estava naquela dúvida de jovem, se casava ou fundava uma religião. E realmente ficou lá solitário, jejuando. Bem, jejum é uma coisa dos diabos, não é? Quem faz regime sabe disso. E de fato, se jejum é coisa dos diabos, não tardou para que

Um conto feminista da Mongólia

[Mini conto para o público em geral] O humor de Voltaire é senão famoso como ele próprio, ao menos digno de nota como uma marca registrada do filósofo. Imaginar, como fez no Cândido, uma moça sem uma das nádegas, e ainda assim com algum chamariz nitidamente erótico, é sem dúvida digno de elogio. Rousseau se

José vai ao inferno

[Mini conto para todos] José que, na juventude, havia desistido de ser padre, após uma vida longa veio a falecer. Foi parar num lugar cheio de padres. Era um lugar feio, como uma catedral decadente, mal cheirosa e escura. E para todo lado que se andava, havia um padre. As graduações desses padres variavam. Havia

O aperitivo de pênis

[Mini-conto para o público em geral] Na China antiga, durante um certo tempo, os eunucos foram de grande influência social e ocuparam cargos invejáveis do funcionalismo público. Por volta dos anos de 1500 e 1600, tornar-se eunuco podia ser uma forma de escapar da miséria, de jamais ficar desempregado, ou de estar na ponta das

O conto do silêncio

[Para o público em geral] Faz mais de setenta anos que o Paquistão disputa com a Índia demarcações de fronteira. Em um momento é guerra e em outro é tiro solto aqui e acolá. Setenta anos é o suficiente para que a cultura política de agressão de um local gere certa animosidade  para além da

O grande penico do rei

[Texto destinado ao público em geral] Essa história me foi contada por uma teenager virgem (ela insistia em dizer isso!), cuidadora de cavalos, na Nova Zelândia. Existe um povoado Maori, ao sul da Nova Zelândia, no qual corre uma história sobre “o grande penico do rei”. Os maoris sempre se deslocaram para os lugares sagrados,

O encantador de serpentes

[Texto para o público em geral] Essa história me foi contada, entre goles de vinho em um bar do mundo, por um filósofo ocidental que ficou uns tempos na Índia. Em um lugar tradicional no interior Índia há um vilarejo que abriga vários encantadores de serpentes. Existe lá a casa de Rajagobala, moradia de um