Go to ...

on YouTubeRSS Feed

19/06/2018

feminismo

Rosa Weber e Janaina Paschoal na sala do aborto

[Texto destinado ao público em geral] Poder fazer aborto sem ser criminalizada é o pedido da mulher moderna. O movimento feminista defende isso, e creio que ele acerta ao se dizer porta voz da “mulher moderna”, se tomamos esse termo sociologicamente. Mas, isso não significa que moderno seja o aborto e o não-moderno o não-aborto.

Chega de brincar de feminismo, OK?

[Artigo para o público em geral] “Se você tem medo que um homem na rua passe a mão na sua bunda, e se isso a paralisa, acho que você tem terror da sexualidade”. Essa é uma frase bombástica da Folha de S. Paulo, tirada da boca da escritora francesa Catherine Millet (28/04/2018). Talvez a Folha

O corpo da mulher é seu rosto

[Artigo para o público em geral] Ao contrário do que dizem as feministas incultas e o Chico Buarque, a mulher na Grécia Antiga não era “submissa”. O conceito de submissão para mulheres é algo moderno. A diferença entre homens e mulheres na Grécia Antiga obedecia outras regras. O feminino tinha a ver com a natureza,

Um novo útero para o macho

[Artigo indicado para o público em geral] A novidade do debate entre “o discurso de denúncia de assédio”, capitaneado pela fala de Oprah, e o manifesto assinado por Catherine Deneuve e mulheres intelectuais, que acusa o “denuncismo” de afrontar liberdade sexual, não diz respeito a um tema menor ou a uma disputa tola. Trata-se de

A imutável Barbie

[Artigo indicado para o público em geral] A ideia de igualdade entre homens e mulheres diante de condições sociais como o trabalho e afazeres correlatos só vai dar alguma demonstração de realização não quando meninos e meninas brincarem com boneca ou quando ninguém mais brincar com boneca. Veremos isso quando pudermos olhar para a boneca