Go to ...

on YouTubeRSS Feed

18/11/2018

Ativismo

Seios desnudos apavoram bolsonaristas

[Artigo para o público em geral] O que mais nos mostra que a direita é tosca é o seu medo dos seios desnudos. Não raro, uma tal cena também incomoda os que se pensam como sendo de esquerda, mas cujo moralismo barato não condiz com a libertarismo que, em tese, seria inerente à esquerda. Todavia,

O #elenão é um movimento radical

[Artigo para o público em geral] Pode parecer estranho que um movimento que pede amor e respeito às mulheres, e que denuncie o fascismo de Jair Bolsonaro (estampado em tantas entrevistas e vídeos dele), possa ser considerado por mim, filósofo, um movimento radical. Mas é. O radical vai às raízes dos problemas, e o movimento

Maconheirinho de Humanas? Abortista feminista?

[Artigo para o público em geral] “Ah, é esse pessoal de Humanas é tudo maconheiro”. Em quarenta anos de magistério na filosofia e áreas correlatas, tive excelentes alunos. Todos meus bons alunos condenavam a maconha. Eles sabiam que se tornavam improdutivos com aquilo. Mas tive muitos alunos que, mesmo já formados, eu os encontrei na

Neoliberais são muito parecidos com leninistas

[Artigo para o público em geral] Todos os dias os conservadores da imprensa nos brindam com pensamentos hilariantes. Um deles nos fornece o liberalismo como a última moda e até como uma forma de “ser revolucionário hoje no Brasil”. Estes são os pensadores que, enfim, a própria imprensa denominou “neoliberais”. Eles disputam com o pensamento

Um novo útero para o macho

[Artigo indicado para o público em geral] A novidade do debate entre “o discurso de denúncia de assédio”, capitaneado pela fala de Oprah, e o manifesto assinado por Catherine Deneuve e mulheres intelectuais, que acusa o “denuncismo” de afrontar liberdade sexual, não diz respeito a um tema menor ou a uma disputa tola. Trata-se de

Oprah versus Deneuve ou o novo contrato sexual

[Artigo indicado para o público em geral] A disputa Oprah versus Deneuve tinha que ocorrer. É uma acomodação necessária diante de um terremoto que começou nos anos sessenta, e que só agora realmente mostra seus resultados. Começamos lá a rasgar o antigo contrato sexual forjado no pós-Guerra, mas só agora estamos sentindo necessidade de estabelecer

Taís Araújo coloca os racistas na parede

Os artistas são trabalhadores como quaisquer outros. Os do teatro e da teledramaturgia, claro, também. Mas por conta de levarem na ponta da língua a cultura, interpretando textos que nem sempre acomodam os menos inteligentes nas suas cadeirinhas, são mal vistos por estes. Pagam um preço alto por exercerem a intelectualidade para fora da academia.

O que diz e o que não diz Judith Butler

Texto indicado preferencialmente para o público acadêmico Judith Butler é da minha geração. Ela é de 1956 e eu sou de 1957. Nossas leituras em filosofia não diferem muito. Hegel está na base. Ela encontrou a postura light em Derrida, e eu em Rorty. Ela está nos quadros de uma filosofia da não-violência, eu ainda

Frota defende a “família” contra Judith Butler

Nas costas de Frota, o ator pornô, estão pessoas que se dizem intelectuais de direita. E Frota está na cruzada de defesa da família brasileira, contra o feminismo e a “ideologia de gênero”. Os gurus da direita fazem a cabeça dele, e apesar de alguns até terem diploma, sabem de feminismo e de questões de

As regras do “meu corpo minhas regras”

“Meu corpo minhas regras” é uma expressão  das ativistas do feminismo atual. “Minhas regras” pode significar normas de conduta que desejo ver seguidas por quem me aborda corporalmente. “Minhas regras” pode significar simplesmente minhas menstruações. O termo é propositalmente ambíguo. Sua ambiguidade tem a ver com os objetivos do feminismo atual: por um lato, há

A revolução vegana é irreversível e rápida

Segundo as estatísticas projetivas de várias universidades americanas, em duzentos anos os veganos e vegetarianos serão maioria. Os consumidores de óleo diminuirão também. Isso será um fato! A indústria da carne e derivados está apavorada, pois segundo suas próprias projeções, em menos de dez anos, já haverá uma queda significativa nos seus lucros. Aliás, isso

Reeducação do nosso comportamento ativista

O filósofo Peter Sloterdijk tem um modo de ver o mundo que nos autoriza a dizer que certos ativismos são uma forma de dar peso gravitacional para quem vive num mundo leve demais. Creio que há muita verdade nisso, e em nada uma tal coisa desmerece os ativismos. Que mais e mais gente cuide de