Go to ...

on YouTubeRSS Feed

18/11/2017

Ativismo

O que diz e o que não diz Judith Butler

Texto indicado preferencialmente para o público acadêmico Judith Butler é da minha geração. Ela é de 1956 e eu sou de 1957. Nossas leituras em filosofia não diferem muito. Hegel está na base. Ela encontrou a postura light em Derrida, e eu em Rorty. Ela está nos quadros de uma filosofia da não-violência, eu ainda

Frota defende a “família” contra Judith Butler

Nas costas de Frota, o ator pornô, estão pessoas que se dizem intelectuais de direita. E Frota está na cruzada de defesa da família brasileira, contra o feminismo e a “ideologia de gênero”. Os gurus da direita fazem a cabeça dele, e apesar de alguns até terem diploma, sabem de feminismo e de questões de

As regras do “meu corpo minhas regras”

“Meu corpo minhas regras” é uma expressão  das ativistas do feminismo atual. “Minhas regras” pode significar normas de conduta que desejo ver seguidas por quem me aborda corporalmente. “Minhas regras” pode significar simplesmente minhas menstruações. O termo é propositalmente ambíguo. Sua ambiguidade tem a ver com os objetivos do feminismo atual: por um lato, há

A revolução vegana é irreversível e rápida

Segundo as estatísticas projetivas de várias universidades americanas, em duzentos anos os veganos e vegetarianos serão maioria. Os consumidores de óleo diminuirão também. Isso será um fato! A indústria da carne e derivados está apavorada, pois segundo suas próprias projeções, em menos de dez anos, já haverá uma queda significativa nos seus lucros. Aliás, isso

Reeducação do nosso comportamento ativista

O filósofo Peter Sloterdijk tem um modo de ver o mundo que nos autoriza a dizer que certos ativismos são uma forma de dar peso gravitacional para quem vive num mundo leve demais. Creio que há muita verdade nisso, e em nada uma tal coisa desmerece os ativismos. Que mais e mais gente cuide de