Go to ...

on YouTubeRSS Feed

23/02/2018

Posts by: Paulo Ghiraldelli

O drama da Filosofia atual é o drama da Comunicação – alteridade e mídia na contemporaneidade

Artigo indicado para o público acadêmico “Os limites de minha capacidade  de transferência são os limites do meu mundo”. A frase é  de Peter Sloterdijk. A expressão “capacidade de transferência”, nesse caso, é a opção do tradutor do Bolhas, o professor José Oscar Marques, para a palavra “Übertragungsvermögens”. (1) A ideia aqui é, como Sloterdijk

Somos crédulos e só assim podemos viver

Artigo indicado para o público em geral Sociólogos, psicanalistas, antropólogos e outros do âmbito das “Humanidades” entendem crença de uma maneira, o filósofo é obrigado a conceituá-la de modo diferente. Para os primeiros, crença é crença num ideário adrede construído. Para o filósofo, diferentemente, crença é apenas aquilo que se expressa em “Eu creio que

Caminhamos para um mundo de extraliberdade

Artigo indicado preferencialmente para o público acadêmico Hegel tinha a certeza de que a sua filosofia da história dizia exatamente para onde caminhamos: para cada dia mais liberdade. Ele dizia que só não podíamos ver uma tal coisa quando olhávamos para a história sem a perspectiva da “grande duração”. Na verdade, a “astúcia da razão”

Somos pouco afeitos à matemática. Por quê?

Artigo indicado preferencialmente para o público acadêmico Segundo a Folha de São Paulo, os cotistas vão bem em geral, em notas, mas se dão mal em “Exatas” (Folha, 10/12/2017). Por que cotistas vão mal em “Exatas”? Se saem pior em matemática por uma razão simples: o brasileiro de um modo geral tem uma péssima educação

Filosofia, alteridade e mídias sociais

Artigo indicado preferencialmente para o público acadêmico “Menina dos olhos” ou “boneca dos olhos”. O nome é dado para a forma de espelho mais antiga do mundo. O espelho séculos antes do espelho. Olha-se nos olhos do outro e o que se vê é uma pequena figura lá no interior, “eu mesmo estou lá” –

A ontologia de Renata Vasconcelos ou Da Mídia como praxis

Texto para a profa. Heloiza Matos e seu Grupo de Pesquisa “Comunicação Pública e Comunicação Política” daECA/ USP A palavra “mídia” deixa claro nossa propensão em falar do fenômeno comunicacional como alguma coisa “entre”, que ocorre “por meio de”. Nossa intuição linguística, nesse caso, revela que notamos a comunicação, que hoje não vive sem a

Não há anjinhos na Internet

Artigo destinado ao público em geral Virou modinha agora colunista, intelectual, professor, artista etc. virem falar de “linchamento virtual”. Cada um do seu troninho vira anjo e acusa “os internautas” de estarem “polarizando” ou “radicalizando” ou “disseminando ódio”. Todos os outros, fora ele próprio, do troninho, são “agressivos”. O problema é que mais agressivo mesmo

Eram os gays astronautas?

Era garoto quando vi na biblioteca do meu avô o que logo depois seria o maior best-seller lixo de todos os tempos, fora o Mein Kampf., claro. Lá estava: Eram os deuses astronautas? Sabem o ano? 1968. Escrito por um suíço. Se todos estavam preocupados em mudar o mundo, os suíços, donos de relógios e dos

Por que Marx seduz os intelectuais? Marx e o desencantamento do mundo

Artigo indicado preferencialmente para o público acadêmico “Tudo está repleto de deuses”, disse Tales lá nas costas da Turquia, quando ali era uma praia jônica. O nosso primeiro filósofo, segundo a historiografia oficial, começou a filosofia atentando para as possibilidades ou não do “dencantamento do mundo” (Weber). Viu as figuras misteriosas postas em cada cantinho

Síndrome de Joana D’Arc versus Anitta

Texto indicado para o público em geral Cantar é fácil. Jogar futebol, então, nem se fale! E ser ator? Bico! Tudo que se parece jogo, lúdico, parece fácil. Ainda que se reconheça que não é, na hora da avaliação geral, cai para o âmbito do suave e, perigosamente, para o campo da “mulher de vida

O fascista é o deus covarde

Artigo indicado para o público em geral O célebre comandante de forças bósnio-croatas que massacraram muçulmanos nos anos noventa, nos conflitos da ex-Iugoslávia, tomou veneno logo após a sua condenação. O criminoso de guerra Slobodan Praljak não destoou da regra do fascismo. Por que quando os fascistas são pegos eles já estão preparados para o

O preconceito não é uma questão de mais ou menos energia gasta

Este artigo é indicado preferencialmente para o pública acadêmico “Nos iludimos ao imaginar que o preconceito seja erradicável. Somos preconceituosos de saída, uma vez que nosso cérebro economiza energia ao catalogar nossas experiências”. Esta é fórmula da psicanalista Vera Iaconelli para explicar o preconceito, em seu blog na Folha (28/11/2017). Mas as coisas não funcionam

Jesus: tragédia e comédia numa só tacada

Este artigo é indicado para o público em geral O filósofo romeno Emil Cioran escreveu: “Se Jesus houvesse acabado sua carreira na cruz e não tivesse se comprometido a ressuscitar, que belo herói de tragédia teria sido!”. Mas por que Jesus iria ficar com a tragédia, desconsiderando a comédia? Se não tivesse ressuscitado, Jesus seria

Luciano Huck e seu nariz

Artigo indicado para o público em geral Onde Luciano Huck quer botar o nariz? Pode botar onde Sílvio Santos tentou botar, e se dar mal. Também a candidatura de Sílvio foi articulada por fora, para superar uma polaridade entre Lula e Collor, e deu no que deu: nem chegou a ser registrada. Será que Huck

Older Posts›› ‹‹Newer Posts